JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Arrecadação de outubro da PMU é um terço maior que a do mesmo mês de 2018

Crescimento é explicado pelas retenções do ICMS que ocorreram no ano passado, mas também houve aumento em relação aos quatro meses anteriores

17/11/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 17/11/2019 - 08:57:42.

Foto/Jairo Chagas


Wellington Fontes, secretário da Fazenda, aponta que o montante de ICMS recebido em outubro deste ano é quase 50% maior do que o repassado no mesmo mês de 2018

Arrecadação da Prefeitura em outubro deste ano ficou um terço acima do montante totalizado no mesmo período de 2018. Dados da Secretaria Municipal da Fazenda mostram que R$44,6 milhões entraram nos cofres da Prefeitura no último mês, contra R$33,4 milhões em outubro de 2018. 

De acordo com o titular da pasta, Wellington Fontes, a diferença se deu principalmente por conta do ICMS. Enquanto R$20,1 milhões foram recebidos em outubro deste ano, o Estado só repassou R$11,9 milhões no respectivo mês em 2018. "Foi quase 50% a mais este ano. Não porque houve um aumento, mas porque em 2018 houve retenção dos recursos e o Estado deixou de repassar à Prefeitura", pondera.

O resultado, entretanto, ainda é melhor do que os montantes recebidos do ICMS nos últimos quatro meses. Desde junho o repasse vem sendo em torno de R$18 milhões.

Os outros repasses ficaram praticamente no mesmo patamar. O município recebeu R$892,5 mil em outubro deste ano. Já no mesmo intervalo de 2018, o montante foi R$861,5 mil. O FPM fechou em R$4,1 milhões agora, pouco mais de R$110 mil a mais do que o ano passado.

Também houve pouca variação no IPTU, que recolheu R$1,1 milhão em outubro de 2018 e R$1,3 milhão no respectivo mês deste ano.

Por outro lado, o ISSQN e o ITR mostraram crescimento no intervalo analisado. No caso do ITR, a receita pulou de R$1,9 milhão para R$2,9 milhão de outubro de 2018 para igual período deste ano. Já o ISS saiu de R$6,7 milhões para R$8,6 milhões. 

Quedas no desempenho foram verificadas somente na taxa de coleta de lixo, que foi cerca de R$40 mil a menos e fechou outubro deste ano em R$753,1 mil, e também no IBTI, com retração de R$2,2 milhões para R$1,6 milhão no comparativo de outubro

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia