JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Preso desde maio, ex-governador Eduardo Azeredo deixou a prisão nesta sexta-feira

O alvará de soltura foi expedido pelo juiz Marcelo Augusto Lucas Pereira, da Vara de Execuções Criminais da comarca de Belo Horizonte

09/11/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 09/11/2019 - 08:04:13.

Reprodução


Ex-governador deixando a sede do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, em Belo Horizonte

Preso desde maio do ano passado por condenação em segunda instância no processo do mensalão mineiro, o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo foi solto na noite de ontem. O alvará de soltura foi expedido pelo juiz Marcelo Augusto Lucas Pereira, da Vara de Execuções Criminais da comarca de Belo Horizonte. 

Azeredo deixou a sede do 1° Batalhão do Corpo de Bombeiros em Belo Horizonte, onde estava preso, acompanhado do advogado em um carro. O ex-governador não quis dar entrevista à imprensa. A defesa do ex-governador protocolou o pedido de soltura na manhã de ontem, após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter alterado na véspera o entendimento adotado desde 2016 e derrubado a possibilidade da prisão após condenação em segunda instância, que é o caso do ex-governador. 

A corte do Supremo entendeu que, de acordo com a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até que o processo transite em julgado, ou seja, quando não há mais possibilidade de recursos. Nesse caso, a prisão em segunda instância, segundo o STF, fere a presunção de inocência.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia