JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau garante aos moradores do Residencial Rio de Janeiro a construção de escola no bairro

A União havia afirmado que o recurso seria repassado para a construção, no entanto isso nunca aconteceu

08/11/2019 - 00:00:00. Última atualização: 08/11/2019 - 07:50:05.

André Santos/PMU


Prefeito Paulo Piau garantiu aos moradores do Residencial Rio de Janeiro a construção da escola, cuja licitação deve ser homologada hoje

Construção de escola no Residencial Rio de Janeiro foi confirmada pelo prefeito Paulo Piau. Ele anunciou à comunidade do bairro o que o Jornal da Manhã já havia noticiado, que, mesmo sem o aporte do governo federal, a escola será construída. A União havia afirmado que o recurso seria repassado para a construção, no entanto isso nunca aconteceu.

“Sabedores da necessidade desta comunidade, todos os esforços foram feitos e agora esta escola será uma realidade. Fizemos o que foi possível junto ao governo federal, no entanto, não conseguimos que o recurso viesse. O país em crise e houve cortes significativos em todas as áreas, o que prejudicou este projeto. Mas, para nosso governo, Educação é prioridade e, por isso, vamos dar início à obra da escola”, afirmou o prefeito.

Aplaudido pela população, que recebeu a notícia juntamente com a informação da construção de uma Unidade Básica de Saúde, em evento realizado no Circo do Povo, o prefeito informou ainda que a escola de ensino fundamental terá 12 salas e que poderá abrigar até 300 crianças em tempo parcial. Cabe lembrar que são transportadas centenas de alunos do residencial para outras unidades da rede pública. Além de trazer comodidade aos alunos, a construção da escola também terá impacto no investimento feito em transporte escolar.

A licitação será homologada hoje, no valor de R$3,3 milhões, com recursos próprios, ou seja, fonte 100. Com mais esse anúncio, o governo municipal cumpre um compromisso assumido com a população. Até agora, em sete anos de atuação, foram 13 escolas construídas, mais de 40 reformas e ainda há previsão de mais escolas para outras localidades, que já estão em construção ou aprovadas (algumas aguardando verbas federais desde 2017).

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia