JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Câmara Municipal deve instalar Comissão de Investigação dos remédios vencidos

Durante o início dos trabalhos plenários do mês, o requerimento será lido

16/10/2019 - 06:57:31. - Por Marconi Lima Última atualização: 16/10/2019 - 06:58:05.

A Câmara Municipal de Uberaba (CMU) instalará a Comissão Especial de Investigação (CEI) para analisar a estocagem de insumos vencidos da área de Saúde, encontrados sobre o forro do prédio onde funciona o Departamento de Zoonoses e Endemias, no bairro Tutunas. Durante o início dos trabalhos plenários do mês de outubro, o requerimento será lido e, depois, os membros da comissão serão escolhidos pela Mesa Diretora, isso se não houver nenhuma retirada de assinatura do documento.

Em setembro, em uma blitz com o deputado estadual Cleitinho Azevedo (Cidadania) e o deputado federal André Janones (Avante), o vereador Thiago Mariscal (MDB) encontrou no canil, localizado no Zoonoses, seringas e medicamentos vencidos em várias épocas, inclusive em 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017.

Se não houver nenhuma desistência, o vereador Thiago Mariscal, autor do pedido de criação da CEI, apresentará o requerimento com nove assinaturas. Para implantação da comissão são necessárias cinco assinaturas de vereadores, portanto, o parlamentar tem quase o dobro do mínimo necessário.

“Estamos firmes no propósito de investigar o que aconteceu com a estocagem de medicamentos com data de validade vencida. Estivemos no local e constatamos as irregularidades e agora temos que investigar para descobrirmos os motivos que levaram a essa estocagem dos medicamentos e insumos lá no Departamento de Zoonoses”, ressaltou Mariscal. O vereador, quando da verificação do estoque de materiais, acabou caindo de uma altura de cerca de três metros e sofreu lesões na coluna vertebral.

A CEI tem 60 dias para apresentação de um relatório conclusivo. Mas os integrantes da comissão podem solicitar a renovação dos trabalhos por mais 60 dias.


 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia