JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Prefeitura licita obras de escolas para “Rio de Janeiro” e Marajós

As duas escolas fazem parte do pacote de obras em comemoração ao bicentenário de Uberaba em 2020

08/09/2019 - 07:38:15. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 08/09/2019 - 17:48:52.

Foto/Divulgação


Bairro Rio de Janeiro, que ainda não tem unidade escolar, para onde a Prefeitura está licitando obra com recursos próprios

Prefeitura abre licitação para construir escolas no residencial Rio de Janeiro e no Marajós. Obras serão custeadas com recursos próprios do município, já que verba federal aguardada desde o ano passado não foi liberada para a implantação das unidades.

Para o processo licitatório referente à escola no Rio de Janeiro, as empresas interessadas têm até o dia 11 de outubro para apresentar documentação e propostas de preço. O contrato está estimado em R$3.712.262,49.

Já a licitação para a obra do Cemei (Centro Municipal de Educação Infantil), no Marajós, será aberta no dia 7 de outubro. O valor do contrato está estimado em R$2.780.908,78 e a empresa vencedora terá prazo de 10 meses para concluir o serviço.

As duas escolas fazem parte do pacote de obras em comemoração ao bicentenário de Uberaba em 2020. O município aguardava há mais de um ano verba federal prometida para implantação de sete novas unidades em novos conjuntos habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida (Rio de Janeiro, Girassóis 3, Anatê, Marajó 1 e Alfredo Freire 4).

Diversas cobranças foram feitas, porém nada foi repassado. Por isso, a decisão de assumir a construção das duas unidades nos dois bairros com maior demanda. O investimento será com recursos oriundos do financiamento firmado pela Prefeitura este ano. Não há verba suficiente para a Prefeitura realizar a obra das sete escolas previstas inicialmente.

A expectativa do prefeito Paulo Piau (MDB) é finalizar a contratação no segundo semestre deste ano, para que as obras tenham início antes de dezembro. A previsão é inaugurar as duas escolas antes do fim do mandato. 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia