JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 20 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Completando 70 anos, Conservatório será considerado patrimônio imaterial

A celebração será realizada hoje, durante apresentação no anfiteatro da Prefeitura Municipal, às 19h30

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

06/09/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende

Como havia adiantado o Jornal da Manhã, a Fundação Cultural de Uberaba (FCU) anunciou que o Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi será reconhecido como patrimônio imaterial da cidade. A celebração será realizada hoje, durante apresentação no anfiteatro da Prefeitura Municipal, às 19h30. A instituição completa 70 anos amanhã.

Conforme comunicado da FCU, a instituição será registrada na modalidade “Saberes, linguagens e expressões musicais”, proposta pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, o Iepha. O evento é aberto ao público, sem custo para entrada.

Ronaldo Amâncio, presidente da FCU e vereador licenciado, propôs a medida enquanto atuava na Câmara Municipal de Uberaba. “Não temos dúvida da importância do conservatório. O que a Fundação está fazendo é reconhecer a importância do que é ensinado. A música, a arte, e isso é um patrimônio imaterial. É isso que as pessoas aprendem ali dentro e carregam consigo para o resto de suas vidas”, expressa. 

A diretora Maria Luísa Fernandes Cardoso destaca que o conservatório tem grande relevância na cidade. “Temos colaborado com a formação musical de instrumentistas, compositores e de professores de música de Uberaba e região. Praticamente todos os músicos da cidade passaram por aqui”, pontua. Apresentação contará com o Coro Lírico do Conservatório, 10 pianos, e estará sob direção da professora Marcella Manutti. O Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi foi criado em 1949.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia