JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Empréstimo de R$ 24,3 milhões reforçará abastecimento de água

Recurso do contrato assinado ontem com a Caixa Federal vai possibilitar obras no campo da distribuição, armazenamento e automação no sistema de fornecimento de água

20/08/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 20/08/2019 - 17:21:41.

Marco Aurélio/PMU


Prefeito Paulo Piau assina o contrato com a Caixa Federal referente à liberação de R$24,3 milhões para obras da Codau

Foi assinado ontem o contrato com a Caixa Econômica referente ao financiamento de R$24,3 milhões destinado a obras de ampliação do abastecimento em Uberaba. A autorização para o empréstimo foi dada no mês passado pela Câmara Municipal e a expectativa agora é a abertura das licitações antes do fim do ano. Segundo informações da Codau, com a assinatura do contrato ontem, agora a próxima fase é a de elaboração dos editais das obras. A previsão é que o lançamento das licitações ocorra ainda neste segundo semestre de 2019. 

O pacote do financiamento inclui obras na rede de distribuição para implantar quatro novas adutoras, somando uma extensão de 16,2km de tubulação. O objetivo é preparar a rede para a expansão imobiliária das regiões sul, sudeste e noroeste da cidade. “Isto significa dar maior equilíbrio aos níveis dos reservatórios, uma medida operacional de extrema importância no período de seca, além de agilizar ainda mais a distribuição de água diretamente para a população. Por isso, as adutoras são imprescindíveis”, salienta o presidente da Codau, Luiz Guaritá Neto. 

Além disso, o pacote de obras prevê a construção de um novo Centro de Reservação (CR) para atender à região da Univerdecidade. “Esse novo centro de reservação na Univerdecidade dará suporte para a expansão imobiliária da região, que vem crescendo com o campus da UFTM, IFTM, um Distrito Industrial planejado para aquele setor e mais empreendimentos imobiliários’, pondera. Os recursos do financiamento ainda serão aplicados na automação dos novos CR-12 (Vila Ozanan) e CR-13 (Valim de Melo), que estão em construção, além do CR-5 (Abadia), em fase de expansão.

Codau libera início de construção da represa da Prainha no rio Uberaba. Prefeitura assina hoje ordem de serviço para dar início às obras de implantação da represa no rio Uberaba. A licitação foi homologada no fim do mês passado e a previsão é que os trabalhos para construção da barragem comecem antes do fim do ano. Toda a parte burocrática já foi resolvida para viabilizar o início da obra. A desapropriação da área onde será implantada a barragem já havia sido concluída pela Codau. Já a licença ambiental do projeto foi emitida em maio deste ano.

Das 11 empresas que disputavam o contrato, a vencedora foi a Nóbrega Pimenta. A construtora apresentou proposta no valor de R$19.397.337,48 para executar a obra. O prazo para concluir a barragem é de dois anos, conforme o cronograma estabelecido no edital. A meta inicialmente era conseguir terminar a represa antes do fim do mandato do prefeito Paulo Piau (MDB), porém, com os atrasos durante a licitação, a inauguração deve ficar para o próximo gestor.

O projeto da barragem começou a ser discutido em 2014, por causa da seca prolongada que afetou o abastecimento de água na cidade. A barragem terá uma área de inundação de 35 hectares e vai reter uma quantidade de água suficiente para atender à demanda da cidade por cerca de dois meses no período de estiagem, quando historicamente o rio Uberaba diminui a sua vazão.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia