JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Entidades se manifestam em relação à nomeação do novo reitor da UFTM

Documento lamenta que a escolha do reitor não seguiu a tradição de nomeação do primeiro colocado da lista tríplice

19/06/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 19/06/2019 - 14:13:32.

Diretório Central dos Estudantes – “Walkíria Afonso Costa” (DCE-WAC) emitiu nota e classificou a nomeação de Luiz Fernando Resende dos Santos Anjo para reitor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) como indigesta e revoltante. O documento lamenta ainda que a escolha do reitor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) não seguiu a tradição de nomeação do primeiro colocado da lista tríplice.

O DCE-WAC afirmou que o processo de escolha do primeiro nome da lista, Fábio Fonseca, foi democrático, escolhido pela comunidade acadêmica e com amplo apoio dos estudantes da UFTM. Por fim, o diretório pediu que os discentes se mantenham mobilizados e realizou reunião plenária ontem, às 20h30, no estacionamento do Centro Educacional, para discussão dos próximos passos do Movimento Estudantil.

Em nota oficial distribuída ontem à imprensa, a direção do PT em Uberaba repudiou a nomeação de reitor de Luiz Fernando Santos Anjo para reitor da UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro). O texto posiciona que o profissional não foi eleito e a medida representa uma “afronta à democracia e desrespeito à comunidade universitária”.

A nota ainda relembra que o vencedor da eleição no ano passado foi Fábio Fonseca, enquanto o reitor nomeado sequer concorreu ao cargo. O texto ainda acusa que a decisão foi baseada em interesses políticos. “A instituição não terá dirigentes oriundos da vontade de seus integrantes, e sim do interesse político externo ao ambiente universitário”, acrescenta.

Ainda no comunicado, a direção do PT local cita que Bolsonaro foi a favor do impeachment de Dilma Rousseff e agora, com a indicação de Luiz Fernando para reitor, faz “mais um golpe do presidente da República [...] contra direitos e conquistas da cidadania brasileira para atender interesses do poder econômico em detrimento dos populares”.

Leia mais: Luiz Fernando Resende é nomeado reitor da UFTM

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia