JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau se reúne com secretários de Zema para tratar de demandas

Em Belo Horizonte ontem, o prefeito Paulo Piau (MDB) se reuniu com integrantes do secretariado de Romeu Zema para retomar demandas locais

25/05/2019 - 00:00:00. - Por Gisele Barcelos

Em Belo Horizonte ontem, o prefeito Paulo Piau (MDB) se reuniu com integrantes do secretariado de Romeu Zema para retomar demandas locais. Entre os assuntos em pauta estava a fábrica de amônia, a liberação de emendas estaduais e também o acerto do passivo referente aos repasses retidos de ICMS e IPVA no ano passado. 

A agenda do prefeito contou com reunião com o secretário adjunto de estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Adriano Magalhães Chaves, para tratar sobre o estudo de viabilidade da fábrica de amônia e outros investimentos. O levantamento realizado pela Fundação Getúlio Vargas foi entregue no início do ano ao governador.

Além disso, Piau esteve com o assessor da Secretaria de Estado de Governo Rodrigo Freitas Gomes, e discutiu a liberação este ano de emendas destinadas a Uberaba pelos deputados estaduais. “São recursos importantes que não podemos perder. Tive uma agenda positiva que certamente trará bons frutos para nossa cidade” finaliza.

Outro compromisso na capital mineira foi com o secretário estadual da Casa Civil e de Relações Institucionais, Custódio Antônio de Mattos. O prefeito solicitou a cessão de prédios que pertencem ao Estado e que estão disponíveis em Uberaba. De acordo com o prefeito, se houver a aprovação do Estado, os imóveis podem ser utilizados pela gestão municipal, por meio da Secretaria de Educação e Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam”, a Feti.  

Ainda em BH, o prefeito se reuniu com o secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, e tratou a questão da dívida do governo mineiro com as prefeituras. Um acordo foi assinado para o acerto do passivo, mas o pagamento deve começar somente a partir do ano que vem.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia