JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Após quatro anos, Prefeitura atenderá pedido para castrações de animais

A Prefeitura vai atender a uma solicitação que a vereadora Denise Max realiza desde que ela assumiu o primeiro mandato

Última atualização: 03/12/2017 - 15:58:24.

A Prefeitura vai atender a uma solicitação que a vereadora Denise Max - “Denise da Supra” (PR) - realiza desde que ela assumiu o primeiro mandato, no fim de 2013. A promessa do Executivo é de realizar quase mil castrações no próximo ano.

O pedido da vereadora é para que fosse encaminhado à Câmara um Projeto de Lei de Castração Gratuita de Cães e Gatos no município, o que não foi mencionado na resposta encaminhada pela Secretaria Municipal de Governo e protocolada na Casa dia 9 de novembro. Segundo o ofício, “a demanda foi encaminhada à Secretaria Municipal de Saúde, que nos esclareceu que o Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias está impossibilitado para procedimentos cirúrgicos de castração”.

O secretário Antônio Sebastião de Oliveira informou, ainda, que para o próximo ano estão previstas inicialmente 360 castrações para fêmeas e 600 para machos, em parceria com clínicas privadas. Porém, mesmo com a resposta positiva do Executivo, Denise lembra que o número anunciado está longe de atender à real necessidade do município. Ela disse que o problema vem se agravando diariamente, por causa do crescente aumento populacional de animais domésticos, tanto dos abandonados quanto daqueles que possuem um lar. “Esta é a única forma segura que existe para que a taxa de natalidade de animais domésticos seja controlada”, afirmou a vereadora.

Segundo a parlamentar, outro problema é que até hoje o canil não foi reformado e continua interditado pela Vigilância Sanitária. “O ideal seria a realização de mil castrações por mês”, afirmou Denise, acrescentando que somente animais errantes devem existir aproximadamente 13 mil em Uberaba, entre cães e gatos. “Pelo menos é um começo”, concluiu a vereadora.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia