JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍTICA

Piau chamado a prestar contas de viagens à China e à Rússia na CMU

Foi aprovado requerimento no qual o prefeito Paulo Piau é convidado a comparecer ao Legislativo para prestação de contas das recentes viagens

- Por Marconi Lima Última atualização: 20/06/2018 - 08:35:34.

 Rodrigo Garcia/CMU


Vereador Alan Carlos disse que o prefeito elogiou o período em que o presidente da Câmara, Luiz Dutra, respondeu pela PMU, mas não falou das viagens no Legislativo

Foi aprovado pela Câmara Municipal de Uberaba (CMU) requerimento no qual o prefeito Paulo Piau (MDB) é convidado a comparecer ao Legislativo para prestação de contas das recentes viagens que fez à Rússia e à China. A justificativa da viagem internacional foi para a busca de investidores para Uberaba, em especial para a Zona de Processamento de Exportação (ZPE), projeto Intervales (aeroporto internacional de cargas) e planta de amônia.

O pedido para a presença do prefeito na CMU foi feito pelo vereador Alan Carlos (PEN). “Aguardei, por parte desta Casa, uma manifestação sobre a viagem do prefeito Paulo Piau (MDB) à China e Rússia. Inclusive, no dia 11 de junho, o prefeito aqui esteve [na Câmara Municipal] e na oportunidade disse que foi substituído com competência e lealdade pelo presidente da Câmara [vereador Luiz Dutra]. Então, trata-se de uma oportunidade de tomarmos conhecimento do que foi tratado durante esta viagem”, ressaltou em sua justificativa Alan Carlos.

Quando do retorno da viagem internacional, Piau garantiu que foram assinados dois protocolos de intenções para investimentos no município. Um deles é com a empresa chinesa Horwin, que fabrica motocicletas e bicicletas elétricas. Uma outra empresa também assinou protocolo, mas Piau disse que se trata de acordo confidencial. Adiantou que seria uma empresa que atua na fabricação de equipamentos para captação de energia solar. Uma missão da China deve vir a Uberaba nos próximos 60 dias para estudar a viabilidade da implantação de uma unidade no município, pelo menos foi o que garantiu Piau.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia