JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Homem diz que matou andarilho por ele ter confessado estupro

Polícia Militar de Araxá (MG) prendeu na manhã de ontem o suspeito confesso de matar o morador de rua Gilberto Lopes dos Santos

- Por Renato Manfrim Última atualização: 24/01/2018 - 07:44:00.

Fotos/Jairo Chagas


Equipe da Delegacia de Araxá realizou ontem mesmo a reconstituição do crime

Polícia Militar de Araxá (MG) prendeu na manhã de ontem o suspeito confesso de matar o morador de rua Gilberto Lopes dos Santos. Na Delegacia de Polícia Civil da cidade, o suspeito, de 33 anos, disse que matou a vítima porque a mesma teria dito que já havia estuprado uma adolescente em data não informada.

Ele contou ainda à PC que já perdeu uma filha pelo crime de estupro. Disse também que quando a vítima lhe contou sobre o suposto crime de estupro que havia praticado, ele se irou e iniciou as facadas, porque lembrou de imediato de sua filha. No entanto, esta versão será investigada pela Polícia Civil de Araxá que não concluiu o inquérito policial, sendo que algumas testemunhas ainda serão ouvidas.

O delegado responsável pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Araxá, Vinicius Ramalho, juntamente com sua equipe de investigadores e com o apoio do delegado regional Vítor Hugo Heisler, após levantamentos e diligências, conseguiram a confissão do suspeito e, em seguida, foram até o local do homicídio, onde deu detalhes de como cometeu o homicídio.

Após a simulação do crime, o preso foi encaminhado ao Presídio de Araxá onde ficará à disposição da Justiça. 

Ainda segundo informações da PC, foi o irmão da vítima que compareceu ao IML (Instituto Médico Legal) e reconheceu a mesma. Até o fechamento desta edição, a idade não havia sido informada pela família.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia