JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 12 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Homem acaba preso por cultivar maconha em estufa artesanal

O Tático Móvel da Polícia Militar prendeu suspeito em sua residência com cinco vasos, improvisados em garrafas pets, plantados com maconha e um tablete pequeno da mesma droga

- Por Renato Manfrim Última atualização: 02/09/2017 - 09:36:51.

Foto/Divulgação

Cultivo de maconha em vasos improvisados feitos de garrafas pet foi localizado dentro do quarto do suspeito, no bairro de Lourdes

O Tático Móvel da Polícia Militar prendeu suspeito em sua residência com cinco vasos, improvisados em garrafas pets, plantados com maconha, um tablete pequeno da mesma droga, uma faca utilizada para fracionar entorpecentes e um rolo de papel-filme, utilizado para a fabricação da estufa artesanal.

Antes da prisão, o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) recebeu denúncia de que em casa da rua das Azaleias, bairro de Lourdes, homem estava cultivando alguns pés de maconha. O suspeito, ao ser abordado, levou os militares a um dos cantos do seu quarto, onde foi localizada uma estufa artesanal, coberta com papel-alumínio e que estava cercada pelas paredes e portas de um guarda-roupa. No interior foram encontrados cinco vasos com data de plantio e os pés de maconha, em fase de crescimento.

O suspeito confessou ser o responsável pelo cultivo, sendo o mesmo apresentado, com o material, na Delegacia de Plantão para as devidas providências. Quem planta maconha para consumo próprio pode ser punido com advertência sobre o efeito das drogas, prestação de serviços à comunidade e exigência de comparecimento a programa ou curso educativo. Se a finalidade for tráfico, as penas podem ser reclusão de cinco a 15 anos e multa.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia