JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 02 de julho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Continua depois da publicidade



Ex-presidiário é denunciado no DDU e pego com 30 tabletes de maconha

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

18/05/2022 - 00:00:00. - Por Carlos Paiva

Informações ao Disque Denúncia Unificado (DDU/181) levaram policiais militares da 147ª Companhia do 4ºBPM a prender um ex-presidiário considerado perigoso, de 44 anos, e a apreender mais de 30 tabletes de maconha, pedras de crack e dinheiro, na rua Yolanda Motta Leite, bairro Chica Ferreira, na noite de segunda-feira (16). Ele disse que parte da droga apreendida era para seu consumo próprio. O acusado responde a vários inquéritos e é suspeito de envolvimento em homicídios.

Segundo informações, os militares foram apurar a denúncia de que um homem estaria comercializando drogas e realizando disparos de arma de fogo no local.

Ao perceber a presença dos policiais militares, o autor correu para o interior do terreno, pulou muros e acessou telhados de casas vizinhas, sendo perseguido por alguns militares.

De acordo com as informações, enquanto fugia, o autor jogava alguns objetos em cima dos telhados, mas acabou sendo abordado e contido.

Ele foi reconhecido pelos militares devido às inúmeras passagens por tráfico de drogas e, também, por ter matado a ex-companheira após ela entregá-lo para a polícia por estar vendendo entorpecentes.

Foi feita busca pelos telhados e foram localizados e apreendidos dez tabletes de maconha. Nos bolsos do acusado foram encontrados mais dois tabletes e R$237,00 em dinheiro. O aparelho celular também foi apreendido, mesmo depois de ter sido jogado no chão por duas vezes pelo autor. 

Na casa apontada na denúncia ao DDU, policiais militares encontraram uma mesa com embalagens para drogas, gilete para corte e 22 pedras de crack. Em um sofá, foram encontrados mais oito tabletes, também de maconha.

O denunciante informou ainda que o acusado guardava a droga no terreno em frente da casa, em um local com cavalos e um chiqueiro. Foi acionado apoio da Rondas Ostensivas Com Cães (Rocca) e o cachorro de faro indicou o local onde foram encontrados mais oito tabletes de maconha e uma espingarda de pressão de calibre 5.5 (equivalente ao calibre 22).

O acusado relatou que toda a droga encontrada era para seu consumo, mas que a maconha localizada e apreendida no terreno não era sua.

Disse que o terreno realmente lhe pertence e que usa o local para guardar seu cavalo, mas que a droga encontrada no local não era sua e que não sabia de quem seria.

O acusado tem várias passagens, responde a seis inquéritos policiais junto à Polícia Civil por crimes diversos, inclusive homicídio, e deixou a penitenciária de Uberaba em 20 de setembro de 2020. 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar