JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Mesmo com trabalho de prevenção, cenário segue propício para incêndios em Uberaba

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

27/07/2021 - 00:00:00. - Por Raiane Duarte

Foto/Jairo Chagas

Nesta segunda, a casa de um catador de recicláveis pegou fogo no bairro Universitário

Secura, baixa umidade relativa do ar, possibilidade de geada e crise hídrica criam um cenário preocupante em Uberaba, em relação à incêndios. Em entrevista à Jornalista Gê Alves, do JM News 2ª Edição, o comandante do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Ricardo Marisguia, traçou um panorama da situação.  

"Estamos atendendo muitas ocorrências agora, apesar dos esforços que fizemos para prevenir. Fizemos fiscalizações dos lotes vagos onde identificamos aqueles que precisavam de tratamento especial, encaminhamos os relatórios para a Prefeitura, porém ainda há alguns que estão pegando fogo", explica. 

Ainda conforme o comandante, devido ao trabalho de prevenção e conscientização, houve uma ligeira diminuição nas ocorrências, no último mês aconteceu a primeira queda em relação ao ano anterior, porém o tenente-coronel afirma que a corporação trabalha com a possibilidade de piora.  Muito se dá, devido ao tempo e também à atividade humana. 

"Quanto aos incêndios, estamos prevendo um aumento devido a baixa umidade relativa do ar, embora tenhamos a partir de quarta-feira uma frente fria chegando, ela pode fazer gear as plantações, o que pode gerar um dano, porque pode matar a plantações e com isso fazer com que elas se tornem um combustível.”

Riscos e cuidados. O comandante explica que plantações, como as de cana-de-açúcar, são um ponto preocupante e que atitudes realizadas na área urbana podem impulsionar os incêndios nos canaviais. Entre as dicas, para que a população colabore com a prevenção, estão: 

 

  • Não usar fogo para “limpar” terrenos em área urbana, pois faíscas podem sair e ir para plantações ou áreas verdes, promovendo inclusive incêndios que saem do controle. 

  • Não colocar fogo em terreno evita os malefícios da fumaça no sistema respiratório. O comandante lembra que a pandemia não acabou e que o cenário não é propício para problemas respiratórios. 

  • Economizar água. Além de tudo, há ainda a possibilidade de uma crise hídrica com a falta de chuvas. Caso falte água, o serviço de combate à incêndios dos bombeiros pode ser comprometido. 

  • Não jogar bituca de cigarro na beira de estradas, pois, assim como “limpar” terrenos com fogo, alguma faísca pode alcançar uma plantação. 

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia