JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 11 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Continua depois da publicidade



Estudantes denunciam jardineiro por importunação sexual no Indianópolis

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

06/08/2022 - 00:00:00. - Por Carlos Paiva

 

O acusado foi levado para o plantão da Polícia Civil e deixado à disposição da autoridade policial (Foto/Divulgação)

Policiais militares da 41ª Companhia do 4ºBPM prenderam um jardineiro, de 26 anos, suspeito de importunar sexualmente oito estudantes, entre 12 e 17 anos. Um dos casos aconteceu nas proximidades da escola em que as vítimas estudam, no Jardim Indianópolis, às 7h de ontem. A diretora da escola, de 42 anos, foi quem acionou a guarnição policial. Ele foi levado para o plantão da Polícia Civil e deixado à disposição da autoridade policial.

Durante patrulhamento, a equipe de militares foi acionada pela diretora, que informou que uma aluna havia acabado de ser vítima de importunação sexual. Depois de ouvirem o relato e colherem características do suspeito, saíram em diligências.

Segundo informações, instantes após, o suspeito foi localizado no cruzamento das ruas Carlos Tarso Rodrigues da Cunha com a rua Luxemburgo. Na abordagem, o homem tentou dispensar um cigarro de maconha que ele usava enquanto pedalava sua bicicleta.

Na escola, foi feito contato com a vítima de ontem, uma estudante de 16 anos. Ela contou que, enquanto caminhava em direção à escola, o acusado passou por ela de bicicleta e, com a mão próxima à virilha, insinuou retirar a calça, porém não o fez e continuou seguindo em frente.

Ainda de acordo com a vítima, não satisfeito e aproveitando que a rua estava deserta, ele retornou e externou frases obscenas, como: “E aí, gostosa, vou te..., vou.... e retirou o pênis para fora da calça e começou a balançá-lo para a vítima. Ela ficou apavorada, correu em direção à escola e avisou a diretora.

Outras sete estudantes relataram praticamente a mesma coisa, tanto em relação às frases obscenas quanto às atitudes. Elas também deixaram claro que ele já vem agindo há muito tempo e sempre na mesma localização.

Pelo menos duas das vítimas já haviam registrado a importunação sexual na polícia, mas acredita-se que, com a prisão do acusado, novas vítimas podem aparecer. 

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar