JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 04 de março de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Polícia Civil vai investigar padrasto acusado de agredir a enteada de um ano

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

27/01/2021 - 11:26:20. Última atualização: 27/01/2021 - 11:35:28.

A Polícia Militar foi chamada para uma ocorrência de suspeita de agressão contra uma criança. Segundo o registro policial, um homem de 33 anos acionou o 190 do Hospital da Criança depois de perceber que a filha de um ano de idade estava com hematomas no rosto e indícios de ter sido agredida.

O homem contou aos PMs que tinha buscado a filha na casa da ex-companheira e que questionou a mulher sobre o porque dos machucados. A mãe da menina disse que a criança estava correndo pela casa, caiu e machucou o rosto. Porém, a irmã dela, contou que a mãe e o padrasto da bebê estavam embriagados no último sábado (23) e que quando chegou na residência da família perguntou pra criança o que tinha acontecido e ela disse que tinha sido agredida pelo padrasto. A tia, então, fez fotos do rosto da menina e enviou para o pai dela.

Os policiais militares fizeram contato com o padrasto, que tem 26 anos, ele alegou que a criança estava com ele e a companheira e que em determinado momento ela “saiu de vista” deles e quando voltou já estava com o rosto machucado.

A bebê foi levada pelo pai até o Hospital da Criança, passou por atendimento, e segundo o médico que a atendeu ela estava com manchas no lado direito do rosto e suspeita de trauma e “equinoses”. Os policiais conversaram com a bebê, que confirmou que o padrasto teria agredido ela com “tapas” no rosto.

Por não ser flagrante, o suspeito não foi levado para a delegacia. O caso foi registrado por lesão corporal. A reportagem do Jornal da Manhã entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, que informou ter instaurado procedimento investigatório para apurar o caso. Ainda de acordo com a nota do órgão, “a investigação está a cargo da Delegacia de Orientação e Proteção à Família, que segue em sigilo, resguardando a proteção da criança”, complementa.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia