JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 02 de abril de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Acusado de furtar caminhão é preso após perseguição e troca de tiros

A fuga teve início na avenida Orlando Rodrigues da Cunha, quando a PM tentou interceptar o caminhão e seguiu por ruas e avenidas dos bairros Abadia e Costa Teles

27/03/2020 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende

 Foto/Divulgação/PM

Após perder o controle do caminhão o suspeito fugiu para matagal e foi localizado por cão da PM

Homem, de 51 anos, foi preso após furtar um caminhão Mercedes-Benz na madrugada desta quinta-feira (26), furar cerco bloqueio montado pela Polícia Militar (PM) e disparar contra os agentes de segurança. Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) se deu na rua João Matias Borges, no Jardim Inconfidência.

Documento da PM aponta que logo após tomar conhecimento do furto do caminhão, agentes visualizaram um veículo similar transitando pela avenida Orlando Rodrigues da Cunha. Ao perceber que o caminhão se tratava do caminhão furtado, os policiais deram ordem de parada ao motorista, que iniciou fuga ignorando a ordem policial.

O suspeito, durante a fuga, imprimiu alta velocidade no caminhão e ignorava sinais vermelhos e de parada obrigatória. Ao acessar o bairro Costa Teles, o suspeito começou a efetuar disparos contra guarnição da PM, que revidou os disparos.

Os militares continuaram perseguindo o caminhão, que furou cerco bloqueio na rua Rosa Maria Frange Montes e continuou a fuga. Um dos disparos acertou o pneu dianteiro do caminhão. O motorista perdeu o controle da direção e parou em um lote vago, com mato alto, na rua Mariana Miziara Ferreira.

O homem desembarcou do caminhão e desceu atirando contra os policiais e tentou se esconder em meio ao matagal. Foi solicitado apoio da Ronda Ostensiva Com Cães (Rocca), que empenhou o cão Fosco nas buscas. O cão localizou o suspeito e o imobilizou.

O suspeito recebeu voz de prisão, negou-se a revelar onde escondeu a arma e foi conduzido à Delegacia de Polícia. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia