JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Mulher morre após ser atropelada por ônibus do transporte coletivo

O misterioso atropelamento será investigado pela Polícia Civil

20/11/2019 - 09:33:29. Última atualização: 20/11/2019 - 14:32:35.

Uma mulher, de 37 anos, morreu na manhã de terça-feira (19) no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). Ela deu entrada na instituição na noite de domingo (17), por volta de 23h, depois que foi encontrada gravemente ferida no Terminal Oeste do transporte coletivo, localizado na avenida Leopoldino de Oliveira.

O misterioso atropelamento será investigado pela Polícia Civil, uma vez que ainda não está claro o que teria acontecido.

Conforme consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar, uma testemunha relatou que viu quando a mulher caiu da plataforma onde esperava o ônibus e que também reparou o momento em que o veículo passou com as duas rodas traseiras por cima da vítima, seguindo viagem sem perceber.

A testemunha contou, ainda, que pessoas que estavam no local acionaram socorro e, em poucos minutos, o Corpo de Bombeiros que foi ao Terminal Oeste para outro atendimento, prestou os primeiros cuidados à mulher, pediu apoio ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que a encaminhou para atendimento médico no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM).

Cumprindo política de confidencialidade, o HC-UFTM não informou em quais condições a mulher chegou na instituição e qual teria sido a causa da morte.

Acionada pela reportagem, a Prefeitura de Uberaba afirma, em nota, "vai apurar todos os fatos junto à Transube, em decorrência do acidente no terminal. Tudo será com o maior rigor para que os fatos sejam devidamente esclarecidos". A reportagem também pediu posicionamento para a Transube. O JM Online mantém o espaço aberto.

De acordo com informações da Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Uberaba (TRANSUBE), também por nota, a vítima sofreu uma queda no terminal por volta de 22h50 do dia 17 e que toda a assistência foi prestada à usuária que foi prontamente atendida. “Houve um tumulto no retorno de usuários que regressavam de uma festa na Univerdecidade,sendo que foi constatado pelo Fiscal do Terminal que uma passageira estava caída na plataforma e precisava de cuidados médicos. Imediatamente, foi solicitado a presença do Corpo de Bombeiros que prestou os primeiros atendimentos e foi solicitado a ambulância SAMU que conduziu a usuária até o Hospital Escola”, explica.

Ainda de acordo com a associação, “o funcionário das Empresas acompanhou a usuária até sua chegada no Hospital Escola, onde foi informado pelo Assistente Social do Hospital Escola que a vítima não conseguia relatar seu nome e endereço e não portava seus documentos pessoais. O funcionário das Empresas aguardou até 1h do dia 18, no Hospital mas nenhum familiar da usuária compareceu àquele local”, conta.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia