JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Comando dos bombeiros desativa parte administrativa para o combate ao fogo

Somente nesta terça-feira, até as 17h, mais de 15 registros de incêndio já haviam sido atendidos pelo Corpo de Bombeiros

18/09/2019 - 00:00:00. - Por Tulio Micheli Última atualização: 18/09/2019 - 15:13:42.

Divulgação


Ontem, pelo menos 15 focos de incêndio foram registrados pelos bombeiros em Uberaba; à margem da 798, até animais foram queimados e mortos pelas chamas

O comando do 8º BBM de Uberaba desativou a seção administrativa do batalhão, ontem, para que militares que trabalhavam internamente auxiliem no combate aos incêndios que têm aterrorizado e ameaçado Uberaba nos últimos dias. 

Somente nesta terça-feira, até as 17h, mais de 15 registros de incêndio já haviam sido atendidos pelo Corpo de Bombeiros. É válido lembrar que em relação ao batalhão, por mais que se esforce positivamente para atender a todas as ocorrências em tempo hábil, a falta de estrutura, aliada ao aumento das queimadas, não permite que equipes estejam em todos os incêndios em tempo de evitar grandes prejuízos.

Na tarde de ontem, mais um incêndio nas imediações da Ligação 798 deixou grande rastro de destruição. O fogo dizimou a vegetação e até animais foram mortos pelas chamas.

De acordo com o tenente-coronel Anderson Passos, comandante do 8º BBM, a medida de tirar militares do departamento administrativo e determinar que os mesmos vão para as ruas é de extrema necessidade. “Não tivemos outra saída a não ser desativar uma de nossas seções administrativas. Quase todo o nosso efetivo está em combate. Seguem nas tarefas administrativas apenas aqueles militares que estão com restrições médicas. Temos que buscar todas as alternativas para que o cidadão seja menos prejudicado. E reforço, em caso de flagrante do incendiário, acione imediatamente a Polícia Militar, através do telefone 190”, finalizou Passos.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia