JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Sem evidência de participação, PC libera suspeito de matar irmãos

Acusado de ser o autor do duplo homicídio por ter discutido com as vítimas na véspera se apresentou e contou sua versão

11/09/2019 - 00:00:00. - Por Tulio Micheli Última atualização: 11/09/2019 - 14:42:53.

Foto/ Jairo Chagas


Delegado Cyro Moreira conduz as investigações na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa

Homem que era apontado como o principal suspeito da morte de irmãos ocorrida no último sábado (7), em Uberaba, se apresentou na segunda-feira (9) ao titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, Cyro Moreira. 

Os irmãos – de 17 e 24 anos – foram assassinados no bairro Vila Arquelau, e o suspeito do crime, jovem de 20 anos, chegou a ser encontrado, mas não foi detido porque não havia evidências da sua participação no crime. A suspeita se deu após testemunha dizer à PM que uma das vítimas teria se envolvido em discussão na tarde de sábado com o suspeito e a companheira dele, de 33 anos. A companheira do suspeito teria confirmado que estava no bar na tarde de sábado, porém negou que o amásio tivesse discutido com a vítima.

Diante dos fatos, a reportagem conversou com o delegado Cyro Moreira, que explicou o caso. “Logo depois do fato, esse rapaz foi identificado pela Polícia Militar e qualificado no boletim de ocorrência. Por ora nós também não encontramos nenhuma evidência que confirme o envolvimento do jovem no crime, porém continuaremos as investigações. Outros fatos já estão sendo analisados e já estamos de posse de algumas imagens de câmeras de segurança que devem nos ajudar a elucidar mais este caso”, finalizou o delegado. Após ser interrogado, o jovem acabou liberado.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia