JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Funcionária de hospital se nega a fazer exame e é agredida por pai de paciente

A ocorrência foi lavrada em Hospital na avenida Doutor Lauro Borges, Centro

10/09/2019 - 00:00:00.

Uma mulher de 40 anos, funcionária de um hospital, foi agredida pelo pai de uma paciente, no encerramento do seu expediente, na avenida Doutor Lauro Borges, Centro.

De acordo com informações do Boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher trabalha em um laboratório no interior da unidade hospitalar, e que no momento em fechava a sala, tendo em vista o encerramento do seu turno, foi abordada por um acompanhante de uma paciente.

Ainda de acordo com o boletim, o homem de 37 anos, perguntou se a funcionária poderia realizar um exame laboratorial para a filha dele. A mulher respondeu que não seria possível, porque já tinha encerrado o expediente, e ainda que se o caso fosse de urgência, o médico que atendeu a paciente pedia as enfermeiras ou o plantão laboratorial.

O homem não gostou da resposta da profissional, e quando ela estava saindo do hospital, a agrediu com chute na perna direita e um empurrão com o ombro.
Após as agressões, o homem tentou fugiu levando a ficha feita na recepção com seus dados pessoais, com o intuito de não ser identificado.

Em contato com o homem, ele negou as agressões e disse que ao sair do laboratório a profissional teria tropeçado nele e que logo em seguida ela teria ficado parada olhando para ele.

Diante dos fatos o homem assumiu o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal, conforme Termo de Compromisso de comparecimento e Ciência de Audiência Preliminar, sendo liberado logo após assiná-lo, perante as testemunhas.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia