JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 08 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Mãe envenena bebê de três meses por engano

Ela relatou à PM que o quarto não tem luz e que pensou estar dando remédio para tosse

23/07/2019 - 00:00:00. Última atualização: 23/07/2019 - 14:13:05.

Foto/reprodução

Um bebê de três meses deu entrada no pronto-socorro de São Gotardo vítima de envenenamento. A mãe da criança, de 17 anos, relatou à Polícia Militar que se enganou na hora de administrar um remédio. A Polícia Civil e Conselho Tutelar acompanham o caso.

Segundo o Boletim de Ocorrência, os militares foram acionados por funcionários do hospital após o bebê dar entrada como vítima de envenenamento.

A mãe relatou à PM que não tem iluminação no quarto e que, como o bebê estava com tosse, pegou um vidro em cima da cômoda e deu para o neném.

A mãe disse que pensou ter pegado o medicamento carbocisteína, mas ela deu para o bebê um produto conhecido por “barragem”, que a mesma utiliza para matar insetos e ratos.

De acordo com ela, depois que o filho começou a passar mal, pediu ajuda de vizinhos e foi até o pronto-socorro. Ao dar entrada no hospital, o bebê apresentava sintomas de miose, edema, espuma via oral e inchaço.

Os médicos, de imediato, começaram os procedimentos de salvamento, até que o bebê começou a reagir positivamente, ficando fora de perigo. A criança está em observação.

Por se tratar de um possível acidente, foi permitido que a mãe acompanhasse o bebê no hospital. Devido a isso, não foi realizada apreensão em flagrante.

Ainda segundo o BO, a ocorrência foi destinada à Polícia Civil, que fica responsável sobre o registro penal. O Conselho Tutelar da cidade foi acionado e acompanha o caso.

*Com informações do G1
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia