JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Alunos marcam briga para porta de escola e um tenta agredir GM

Estudantes de escolas municipal e estadual do bairro Volta Grande teriam acertado confronto, e um dos adolescentes reagiu contra a presença da Guarda

12/07/2019 - 00:00:00. - Por Tulio Micheli Última atualização: 12/07/2019 - 14:34:33.

Jairo Chagas


Marco Túlio Gianvecchio, comandante da Guarda Municipal, disse que a briga teria sido marcada em grupo de WhatsApp

Vídeo de menor reagindo à abordagem de homens da Guarda Municipal correu grupos de WhatsApp e perfis do Facebook nas últimas horas em Uberaba. Nas imagens aparecem dois guardas municipais tentando conter um menor, que, ao não aceitar a abordagem e contenção pelos guardas, tentava agredir os mesmos com chutes e pisões. O menor ainda xingou os guardas, promovendo também o desacato. “Vocês nem são policiais, tirem a mão de mim. Me solta, seu filho da p....”, esbravejava o menor. 

O fato aconteceu no bairro Volta Grande. Em continuidade ao vídeo, os guardas precisaram utilizar técnicas de contenção para que o menor cessasse os chutes e agressões, e a partir daí outras pessoas tentaram intervir para tirar o menor das mãos dos guardas, porém sem sucesso.

A reportagem conversou com o comandante da Guarda Municipal em Uberaba, Marco Túlio Gianvecchio, que explicou que as viaturas foram acionadas para o local, uma vez que estava ocorrendo uma briga entre alunos de duas escolas. “Fomos acionados pela direção da escola municipal, uma vez que estaria acontecendo um confronto entre alunos. Essa briga, inclusive, parece ter sido marcada por grupos de WhatsApp. Realizamos a abordagem e tentamos acalmar os ânimos, porém o nosso efetivo no local não era compatível com a situação. Nesta quinta-feira retornamos ao local, identificamos os alunos que estavam causando os problemas e encaminhamos os mesmos, com os responsáveis, à Delegacia de Polícia para esclarecimentos”, explicou Gianvecchio. 

Durante o dia a Guarda Municipal contou com o apoio da Polícia Militar e os ânimos foram apaziguados entre os alunos das duas instituições.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia