JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Dez são presos após fraudarem declaração para receber indenização em Brumadinho

Sete dos presos eram de uma mesma família; esquema incluía um Posto de Saúde da cidade afetada pelo rompimento de barragem

10/07/2019 - 00:00:00.

Uma investigação da Polícia Civil (PC) terminou com dez pessoas presas, sendo sete delas de uma mesma família, suspeitas de fraudarem declarações de saúde para receberem indenizações da Vale em Brumadinho. Para terem acesso ao benefício, os suspeitos pagaram por declarações de um Posto de Saúde da Família (PSF) do município.

As investigações começaram após ser levantada a suspeita sobre algumas declarações concedidas pela unidade de saúde, localizada no bairro Bela Vista.

De acordo com informações da Polícia uma pessoa produzia o documento nos padrões, tendo falsificado também o carimbo do posto e a assinatura da enfermeira responsável.

Os lucros com as indenizações variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil, uma vez que alguns deles declararam também que os filhos residiam na cidade afetada pelo rompimento da barragem em janeiro deste ano. A indenização dá direito a um salário mínimo por adulto, meio por adolescente e um quarto para cada criança que reside em áreas afetadas direta ou indiretamente pela tragédia.

A Polícia Civil ainda desvendou que as declarações falsificadas eram compradas pela família de um falsário e os suspeitos pagavam entre R$ 500 e R$ 700 pelas declarações.

Todos os envolvidos responderão por estelionato e, a maior parte deles, também por formação de quadrilha. Além disso, a moradora que emprestou o endereço de sua casa poderá responder por falsidade ideológica. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia