JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

POLÍCIA

Travesti é acusado de agredir e furtar cliente que recusou pagar

A vítima alega que foi jogado no chão e sofreu escoriações nas mãos e face do lado esquerdo

- Por Carlos Paiva Última atualização: 29/01/2018 - 07:07:48.

Pintor de 54 anos registrou queixa na polícia informando ter sido agredido e furtado por um travesti que contratou para prestação de serviços sexuais. Os crimes teriam ocorrido a 1h20 de sábado em uma casa na rua Abílio Monteiro, bairro Recreio dos Bandeirantes. O travesti não foi identificado e tão pouco encontrado.

De acordo com o pintor, foi até à avenida Deputado José Marcus Cherem, onde combinou com um travesti um programa, deslocando para a sua residência. Lá os dois se desentenderam, pois ainda segundo o pintor, combinou o valor de R$30,00 pelo programa, porém, o travesti exigiu o pagamento de R$150,00. Como o pintor não pagou, os dois entraram em luta corporal.

A vítima alega que foi jogado no chão e sofreu escoriações nas mãos e face do lado esquerdo e que o travesti, no intuito de receber pelo serviço prestado, foi até uma estante e furtou a sua carteira de cor marrom contendo seus documentos pessoais e cerca de R$72,00 em dinheiro, evadindo do local dos fatos. A carteira com os documentos do pintor foram encontrados por outro travesti na avenida Deputado José Marcus Cherem, próximo a um motel. O travesti acusado de furto e agressão foi procurado por guarnições policiais, mas não foi localizado.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia