JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Neymar opera hoje e já corre contra o relógio para disputar a Copa do Mundo

Craque do PSG e da Seleção Brasileira tem previsão de recuperação de até três meses

Última atualização: 03/03/2018 - 07:28:30.

Divulgação


Neymar desembarcou no Rio de Janeiro de cadeira de rodas; ele será operado em BH neste sábado

Belo Horizonte se transformará no centro das atenções do futebol quando o atacante Neymar desembarcar na cidade para passar por cirurgia no Hospital Mater Dei para a inclusão de um pino no quinto metatarso do pé direito – por causa de fratura sofrida no domingo durante jogo do Paris Saint-Germain pelo Campeonato Francês. Em acordo com o PSG e o próprio jogador, a CBF ficou à disposição para ajudar na reabilitação o mais rápido possível para que o atleta esteja em boas condições de jogar a Copa do Mundo, em junho.

Depois de mais de 12 horas de viagem, o craque desembarcou na manhã de ontem no aeroporto do Galeão, no Rio, em uma cadeira de rodas. Ele será operado hoje pela manhã pelo médico Rodrigo Lasmar, chefe do departamento médico da Seleção Brasileira e do Atlético.

O hospital reservou uma ala exclusiva para atender Neymar no 13º andar. Além de Lasmar, um grupo de 10 a 15 profissionais acompanhará o procedimento cirúrgico para auxiliar nas etapas de pré-operação, anestesia e recuperação. Ele deverá ter alta somente no domingo pela manhã e, em seguida, voltará para o Rio. A princípio, a primeira parte da reabilitação será feita no Brasil. Em seguida, o jogador retornará para Paris, onde dará sequência à fisioterapia e aos primeiros treinos físicos.

Segundo os médicos, o tempo de recuperação vai variar de dois meses e meio a três meses. “Não foi uma fissura simples do dedinho do pé, foi uma fratura de um osso importante no meio do pé”, explica Rodrigo. Com isso, é praticamente certo que Neymar ficará fora de toda a temporada do PSG. A decisão da Liga dos Campeões será em 26 de maio – no caso de o time do técnico Unai Emery chegar até lá. E a última partida pelo Campeonato Francês será sete dias antes, diante do Caen.

O atacante também desfalcará a Seleção nos amistosos contra Rússia e Alemanha, que serão disputados em 23 e 27 de março, em Moscou e Berlim, respectivamente.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia