JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

"O Internacional foi surrupiado", diz vice do Inter. Veja as notícias do domingo

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

22/02/2021 - 08:18:18. - Por Agência Estado Última atualização: 22/02/2021 - 08:18:54.

A derrota de virada para o Flamengo, por 2 a 1, tem um culpado para a diretoria do Internacional: o árbitro Raphael Claus, que expulsou o lateral Rodinei no início do segundo tempo O cartão vermelho foi dado após o juiz ser acionado pelo VAR para revisar um lance em que o jogador do time gaúcho acertou o tornozelo de Filipe Luís na intermediária do campo.

"Quem estava aqui no estádio viu uma das maiores vergonhas dos últimos tempos no futebol. O Internacional foi surrupiado. O árbitro mudou o critério dos últimos sete ou oitos jogos. É uma vergonha. Até os jogadores do Flamengo, e eu vou nomeá-los, o Filipe Luís, disseram para nossos jogadores que não era para cartão vermelho, no máximo amarelo, que não foi intencional", afirmou, após o jogo, o vice de futebol do clube gaúcho, João Patrício Herrmann.

"Amanhã (segunda) nós vamos  com certeza à CBF ouvir esse VAR, assim como vamos ficar atentos ainda mais, porque nós tivemos um sinal muito grande no jogo (diante) do Vasco da Gama. O presidente do clube chamou a atenção do público em geral, e novamente hoje nós fomos prejudicados de uma forma absurda", continuou Herrmann, fazendo referência a um pênalti marcado contra o Inter na rodada anterior, que custou a suspensão do zagueiro Victor Cuesta para esse jogo com o Flamengo.

O técnico do Corinthians, Vágner Mancini, disse neste domingo que erros de decisões dos jogadores causaram o empate por 0 a 0 diante do Vasco, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Na opinião dele, em diversos momentos os atletas tomaram atitude equivocada na hora de definir as jogadas. Por isso, o time não conseguiu vencer. O tropeço encerrou as chances de o clube se classificar à próxima edição da Copa Libertadores

Em entrevista coletiva, Mancini afirmou que o Corinthians não levou mais perigo porque não conseguir traduzir em chances de gol o domínio que teve. "Essa falta de efetividade foi pela falta de tomadas as decisões na hora certa. Tivemos volume para vencer, mas erramos em lances de tomada de decisão. Quando era para chutar, o cara tocava. Quando era para tocar, ele chutava. Essas tomadas são individuais", explicou.

A vitória que colocou o Flamengo na liderança do Brasileirão fez o técnico Rogério Ceni já vislumbrar mais uma conquista no Morumbi, o estádio que foi sua casa ao longo de toda sua vitoriosa carreira como goleiro. Pois será diante de seu ex-clube que o treinador poderá conquistar o primeiro Brasileirão como técnico. Para tanto, precisará vencer ou torcer por um tropeço do Internacional em Porto Alegre.

O Flamengo saltou para a liderança do Brasileirão ao derrotar o Inter por 2 a 1, neste domingo, no Maracanã, chegando aos 71 pontos, com dois a mais do que o time gaúcho. Visitará o São Paulo na quinta-feira, no Morumbi, enquanto a equipe colorada receberá o Corinthians, no Beira-Rio.

A seleção brasileira feminina não resistiu ao poderio da melhor equipe do mundo. Neste domingo, até fez um duelo equilibrado com os Estados Unidos, mas perdeu por 2 a 0, em Orlando, na partida válida pela segunda rodada da She Believes Cup, torneio encarado como uma preparação para a Olimpíada de Tóquio.

Anfitriã do torneio, a seleção americana encaminhou a sua vitória ao abrir o placar logo aos dez minutos do primeiro tempo, com o gol marcado por Christen Press. E depois de conseguir se safar várias vezes de levar o empate, definiu o triunfo aos 42 da etapa final, com Megan Rapinoe.

O técnico Vanderlei Luxemburgo afirmou neste domingo que o Vasco não conseguirá evitar o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro da próxima temporada. Após o empate por 0 a 0 com o Corinthians neste domingo, em São Paulo, a equipe carioca precisa torcer por uma derrota do Fortaleza, vencer o Goiás e ainda tirar uma diferença de 12 gols no saldo. Por isso, o treinador descarta criar expectativa em um milagre.

"Eu não posso enganar o torcedor: se falar em ganhar do Goiás e fazer 12 gols, estou enganando", disse Luxemburgo em entrevista coletiva. "Não tem como mentir. O Vasco tem que fazer 12 gols. Não vamos jogar contra uma equipe de várzea (na última rodada). Temos que ser realistas e não passar mentira para o torcedor", disse o técnico.

Se o cenário for confirmado, o Vasco vai disputar a segunda divisão pela quarta vez na história. Luxemburgo lembrou ainda que a derrota para o Internacional, semana passada, pode ser anulada. O clube carioca pediu a impugnação da partida após uma falha no sistema de árbitro de vídeo não conseguir detectar se um dos gols do time gaúcho foi irregular. Na sexta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou a intimação urgente da CBF para juntar vídeos e áudios dos árbitros. "Esse jogo é importante para moralizar o campeonato. Ele manchou o Brasileirão", disse.

Apesar dessa situação, Luxemburgo comentou bastante na entrevista coletiva sobre o provável rebaixamento do clube e prometeu que não pretende sair do cargo por causa disso. "Não tenho nenhum problema de trabalhar na Série B. A minha proposta era deixar o Vasco não cair, não conseguimos. Caímos não hoje, mas em um processo crescente de muito tempo. Acabou que não teve como recuperar", comentou o treinador.

O experiente piloto Tony Kanaan está de casa nova, a Stock Car. O baiano vai competir pela equipe Full Time, tendo Rubens Barrichello como seu companheiro. Ambos já foram parceiros na KV Racing, em 2012, na Fórmula Indy. No mesmo ano, Kanaan teve suas primeiras experiências na competição brasileira, correndo nas etapas de Brasília (terminou em 19.º) e Interlagos (abandonou).

Além da Stock Car, Kanaan vai participar de quatro provas da Fórmula Indy, todas em circuitos ovais: a rodada dupla no Texas, a etapa de Gateway e as 500 Milhas de Indianápolis, que já venceu, em 2013.

A Polícia Militar deteve três pessoas na madrugada deste domingo, 21, por "perturbação do sossego" em Copacabana, na zona sul do Rio. Os três foram responsáveis por acionar duas baterias de fogos próximo ao hotel onde está concentrada a delegação do Internacional, no Leme. À tarde, a equipe gaúcha enfrenta o Flamengo no Maracanã no jogo que pode decidir o título brasileiro.

Os fogos foram estourados em dois momentos, por volta das 3h da manhã. Policiais do 19º BPM interceptaram o veículo que os responsáveis usaram para tentar fugir. Eles foram encaminhados à 12ª Delegacia de Polícia, também em Copacabana, para registro de ocorrência.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia