JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 12 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Jorge Jesus valoriza vitória do Flamengo. Odair Hellmann diz que Fluminense merecia vencer

12/07/2020 - 20:56:01. - Por Agência Estado Última atualização: 12/07/2020 - 20:56:30.

Fotos/reprodução

Jorge Jesus reclamou muito da expulsão de Gabigol e Odair Hellmann achou que o Flu merecia vencer

O Flamengo sofreu no estádio do Maracanã, mas conseguiu vencer o Fluminense por 2 a 1, pela partida de ida da decisão do Campeonato Carioca, e se aproximou do bicampeonato estadual. Logo após o confronto, o técnico rubro-negro, o português Jorge Jesus, valorizou o resultado.

"Importante ter ganho. Na disputa de um troféu em dois jogos, sair com a vantagem é importante... Hoje o time do Fluminense quis jogar para ganhar, foi igual ao Flamengo. O jogo hoje foi mais bem jogado e mais emotivo. O Flamengo durante o jogo foi sempre mais equipe", destacou o treinador, em entrevista à Fla TV.

O comandante flamenguista, porém, reclamou da expulsão do atacante Gabriel Barbosa. A arbitragem comandada por Wagner do Nascimento Magalhães entendeu que o centroavante, já nos instantes finais do duelo, retardou sua substituição e acabou tomando o segundo cartão amarelo. "Não dá para entender a expulsão do Gabigol, é uma coisa de loucos", opinou.

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo, na última quarta-feira, perdeu a decisão da Taça Rio para o Fluminense e, por isso, disputa agora a final do Estadual. Agora, as equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, às 21h, novamente no Maracanã.

Os rubro-negros precisam apenas de um empate para conquistar o troféu. "Nossa estratégia estava montada em relação ao outro jogo. O Fluminense fechou bem o espaço no outro jogo e durante a semana falamos sobre isso", completou Jorge Jesus.

Continua depois da publicidade

ODAIR HELLMANN DIZ QUE FLU MERECIA VENCER

O técnico Odair Hellmann não escondeu a insatisfação com o placar da primeira final do Campeonato Carioca. Na avaliação do treinador do Fluminense, o tricolor se saiu melhor neste domingo, no Maracanã, apesar da derrota por 2 a 1 para o Flamengo. O rubro-negro agora tem a vantagem de jogar por empate na finalíssima, quarta-feira que vem.

"Na minha modesta opinião, o Fluminense foi melhor nos dois tempos. Futebol tem que colocar a bola na rede, porque nós tivemos muitas chances e não aproveitamos. Eles têm jogadores de qualidade e não se pode dar espaço. Sofremos o segundo gol num contra-ataque em que não matamos a jogada. Na minha visão, o empate seria mais justo e se tivesse um vencedor, então teria que ser a gente", resumiu o técnico.

Para Odair, a disputa do título ainda está aberta para a segunda partida, marcada para quarta-feira, às 21 horas, novamente no Maracanã. O Fluminense vai precisar reverter a vantagem do Flamengo de jogar pelo empate para ser bicampeão - já levou o título ano passado.

"Este próximo jogo vai ser mais difícil, principalmente pela condição técnica do nosso time. Mas já mostramos uma boa postura, uma boa imagem e muito empenho. Além disso, melhoramos muito tanto na parte técnica como tática", apontou.

Em relação à sua entrada em campo após o término do jogo, o técnico explicou que apenas iria em direção ao árbitro para reclamar sobre apenas três minutos de acréscimos. "Foram dez substituições e pouco tempo de acréscimo e eu iria falar isso ao árbitro quando houve um desrespeito por parte de um membro da comissão técnica do Flamengo. Depois eu comentei isso para o Diego (Ribas) e para outros jogadores deles que falaram antes do jogo em respeito. Não fica bacana isso para o esporte", finalizou.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia