JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Acompanhe as últimas notícias sobre o esporte

31/05/2020 - 18:53:08. Última atualização: 01/06/2020 - 08:13:24.


MIKE TYSON E HOLYFIELD EM NOVO DUELO
Uma luta-exibição entre Mike Tyson e Evander Holyfield é aguardada com grande ansiedade pelos grandes nomes do boxe mundial.A opinião é de que um terceiro duelo entre os históricos pesos pesados seria "sensacional", mas dentro de condições ideais de segurança para os cinquentões - sem uma disputa para valer. Além da expectativa dos fãs, uma nova luta entre Tyson e Holyfield também seria a garantia de sucesso nas bilheterias ou no sistema pay-per-view.

ÁUSTRIA APROVA A DISPUTA DE DOIS GPs DE F-1
O Ministério da Saúde da Áustria aprovou uma relação de condições de segurança para o país ser sede de duas corridas em julho. As primeiras dez corridas foram adiadas ou canceladas por causa da pandemia de coronavírus, mas a principal categoria do automobilismo poderá finalmente ter início nos dias 5 de 12 de julho, no Red Bull Ring, em Spielberg. O ministro da Saúde, Rudolf Anschober, aprovou os planos de segurança para o evento duplo sem a presença de espectadores e com número limitado de pessoas envolvidas no evento

MCKENNIE PEDE JUSTIÇA PARA AMERICANO MORTO
O norte-americano Weston McKennie, jogador do Schalke 04 e da seleção dos Estados Unidos, é mais uma das celebridades do esporte a protestar contra a morte de George Floyd, em Minneapolis, nos Estados Unidos. O meia, de 21 anos, usou uma braçadeira com a mensagem "Justice for George" (Justiça para George) durante a derrota de seu time para o Werder Bremen, no último sábado, em jogo válido pela 29.ª rodada do Campeonato Alemão. McKennie se juntou a personalidades do esporte como LeBron James, Lewis Hamilton e a tenista Coco Gauff nas manifestações.

MESSI DECIDIU FALAR SOBRE A PANDEMIA
Não tão acostumado a dar longas entrevistas, Lionel Messi decidiu se abrir e falar sobre as consequências da pandemia do novo coronavírus na sociedade e no futebol. Em entrevista ao jornal espanhol El País, o craque argentino afirmou que o mundo não será o mesmo após a crise sanitária global. O craque do Barcelona considera que a doença marcará para sempre a sociedade atual, de modo que, em sua opinião, o mundo será dividido entre o antes e o depois da pandemia de covid-19. Ele lamentou as milhares de mortes causadas pela doença.

FUTEBOL INGLÊS VOLTA MESMO EM 17 DE JUNHO
O futebol na Inglaterra deu mais um passo para o seu retorno, previsto para 17 de junho, após a pandemia do coronavírus. Depois do governo britânico autorizar a volta das atividades esportivas na segunda-feira, a Premier League anunciou que nenhum teste deu positivo para a covid-19 nos 1.130 exames realizados quinta e sexta-feira em jogadores e funcionários dos clubes. Restam 92 jogos para o fim da temporada. Todos serão disputados sem torcedores nos estádios, mas com total cobertura da televisão.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia