JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 31 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Em tempos de coronavirus, Lionel Messi anuncia redução de salários em torno de 70%

A pandemia do novo coronavírus levou o esporte a uma paralisação em quase todo o mundo e o futebol espanhol está suspenso por tempo indeterminado

30/03/2020 - 18:42:38. Última atualização: 30/03/2020 - 18:43:38.

Foto/reprodução


"Vamos fazer contribuições para permitir que os funcionários do clube recebam 100% dos seus pagamentos", disse o atacante do Barcelona

O craque argentino Lionel Messi tornou oficial nesta segunda-feira, através de suas redes sociais, que o elenco do Barcelona aceitou reduzir o salário em 70% face à pandemia do novo coronavírus, que está afetando todo o mundo, durante o Estado de Emergência decretado na Espanha. Os cortes salariais já eram conhecidos, como a direção do clube catalão anunciou na semana passada, mas os valores dos cortes ainda não haviam sido revelados.

SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS
Além disso, ainda no mesmo comunicado oficial, Messi revela que os jogadores farão uma contribuição para que os funcionários do Barcelona possam continuar recebendo seus salários de forma integral. "Vamos fazer contribuições para permitir que os funcionários do clube recebam 100% dos seus pagamentos", disse o argentino.

PARALIZAÇÃO INDETERMINADA
A pandemia do novo coronavírus levou o esporte a uma paralisação em quase todo o mundo e o futebol espanhol está suspenso por tempo indeterminado. E essa paralisação vem atingindo a receita de clubes de todo o país.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia