JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Leandro Castán quer o fim de provocações ao time do Vasco

Um dos jogadores mais experientes do time do Vasco, o zagueiro Leandro Castán quer dar um fim às provocações dos rivais contra o clube

25/01/2020 - 00:00:00. - Por Agência Estado

Um dos jogadores mais experientes do time do Vasco, o zagueiro Leandro Castán quer dar um fim às provocações dos rivais contra o clube. Ontem, antes do treino final para a partida contra o Boavista, hoje, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela terceira rodada da Taça Guanabara, o atleta se disse incomodado com a falta de respeito com a história vascaína. 

"Estava até comentando com meus amigos. Todo mundo hoje pode zoar o Vasco, é muito fácil querer zoar o Vasco. É muito fácil dizer que o Vasco é isso ou aquilo. O Vasco tem muita história, muita tradição e isso me incomoda. Isso tem que acabar. Enquanto eu estiver aqui, vamos honrar essa camisa. Podemos não ser o melhor do time mundo, entrar para história e ganhar títulos, mas vamos sempre honrar essa camisa", desabafou Castán.

As provocações aumentaram com o atual momento do time em campo – na última quarta-feira (22), com os dois clubes utilizando jogadores sub-20, perdeu mais uma vez para o Flamengo e agora está há 15 jogos sem vencer o rival – e a situação financeira do clube, que está com os vencimentos atrasados. O zagueiro confia na diretoria para resolver esse problema. 

"O que vou falar? Não é novidade para ninguém, os salários estão atrasados. Conversamos com [presidente Alexandre] Campello quando ele veio aqui [no CT]. Somos profissionais. Quando me apresentei, no dia 8, vim pensando neste ano. Estou com a consciência tranquila, fazendo o meu melhor e deixo o resto para diretoria", afirmou.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia