JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 24 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Desfalcado, Cruzeiro duela fora de casa com Tombense

Time celeste terá escalação quase toda formada por jogadores oriundos da base

25/01/2020 - 00:00:00. Última atualização: 25/01/2020 - 17:03:01.

Pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro enfrenta hoje o Tombense, às 19h30, em Tombos, na região da Zona da Mata Mineira. O time celeste vai entrar em campo, no estádio Antônio Guimarães de Almeida, com desfalques importantes na equipe. 

O goleiro Fábio é a principal baixa. Ele será preservado por precaução em função de uma pancada na coxa esquerda sofrida na vitória por 2x0 diante do Boa, no Mineirão, na última quarta (22), pela estreia no Estadual. O substituto será o jovem Vitor Eudes, de 21 anos, que fará a primeira partida pelo time principal. No banco de reservas, Vinícius, de 20 anos, será opção.

O substituto imediato de Fábio era Rafael. Entretanto, o goleiro reserva não viajou a Tombos, uma vez que acertou a sua saída do clube após entrar na Justiça pedindo rescisão contratual. De acordo com Carlos Ferreira Rocha, interlocutor celeste, o goleiro se comprometeu em retirar a cobrança da Justiça na próxima segunda-feira (27). Em comum acordo, o goleiro de 30 anos deixará a Toca para buscar outro clube.

O time do técnico Adilson Batista tem ainda mais dois desfalques: o atacante Thiago e o meia Rodriguinho. Autor do primeiro gol cruzeirense em cima do Boa, Thiago teve constatada lesão muscular na coxa esquerda e por isso não joga. Já Rodriguinho, que tinha retornado de lesão, foi vetado para se recuperar do desgaste físico da estreia, segundo informou o clube.

Desta forma, o time celeste será quase todo formado novamente por jogadores da base. Uma provável escalação do Cruzeiro conta com: Vitor Eudes; Edilson, Léo, Cacá e Rafael Santos; Jadsom, Adriano, Mauricio; Welinton, Alexandre Jesus e Judivan. 

Sem dinheiro. Com problemas financeiros, a delegação do Cruzeiro foi de ônibus para Tombos. Sem dinheiro para pagar viagem de avião, o time celeste encarou 373 de estrada, em aproximadamente sete horas, bem mais que os 45 minutos que um avião costuma levar para ir para Muriaé, cidade localizada a 60 quilômetros de Tombos.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia