JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 07 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Alta pedida salarial de Sampaoli faz Palmeiras pensar em plano B

O técnico Jorge Sampaoli só vai assumir o comando do Palmeiras se aceitar reduzir a pedida salarial

12/12/2019 - 00:00:00. - Por Agência Estado

O técnico Jorge Sampaoli só vai assumir o comando do Palmeiras se aceitar reduzir a pedida salarial. O clube sinalizou que não tem como arcar com a exigência inicial de R$2 milhões mensais para pagar os vencimentos do argentino e de mais outros cinco auxiliares. A diretoria já começou a se precaver e avaliar possíveis nomes alternativos caso não consiga um acordo. Nenhuma decisão foi anunciada até o fechamento desta edição. 

As conversas entre as duas partes vão continuar nos próximos dias. Sampaoli vai passar férias no Rio de Janeiro, onde se encontrará com alguns dirigentes do Palmeiras. O clube ainda trata o argentino como prioridade e vice-versa. O Racing, da Argentina, chegou a enviar ao Brasil um representante para negociar com o treinador, mas desistiu da contratação justamente pela pedida salarial ser muito elevada.

O valor pedido por Sampaoli para os salários dele e dos auxiliares é bem acima do que foi pago anteriormente para os últimos treinadores do Palmeiras. O Estado apurou que a comissão de Mano Menezes custava por mês cerca de R$900 mil; a de Luiz Felipe Scolari, R$1,3 milhão.

Continua depois da publicidade

Os dois últimos técnicos do Palmeiras tinham uma multa rescisória simples, com o pagamento de um salário extra. O clube vai querer alinhar o mesmo acordo com Sampaoli. A diretoria quer resolver logo a contratação para se apressar com o planejamento da próxima temporada. 

O Palmeiras já pensa em outras alternativas caso a investida por Sampaoli não dê certo. A diretoria não comentou nomes, porém algumas pessoas que acompanham as negociações relatam um desânimo pela exigência de Sampaoli. O valor de R$2 milhões foi considerado como fora da realidade, além da ideia de trazer para a equipe uma comissão numerosa.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia