JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 10 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Ex-Adefu, Raissa conquista bronze no Mundial de Dubai

A medalha dela veio em sua segunda tentativa, quando lançou 22,28 metros

13/11/2019 - 00:00:00. Última atualização: 13/11/2019 - 09:06:53.

Daniel Zappe/CPB


Raissa ficou em terceiro lugar na Classe F56, no Mundial de Atletismo

Raissa Rocha Machado, ex-atleta da Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba (Adefu), conquistou bronze para o Brasil no Mundial de Atletismo, em Dubai. Natural de Ibipeba, Bahia, Raissa disputou o lançamento de dardo da classe F56, na madrugada de segunda-feira (11). 

A medalha dela veio em sua segunda tentativa, quando lançou 22,28 metros. Quase 1,50m inferior à sua melhor marca no ano, de abril deste ano, durante o Open Internacional Loterias Caixa, no CT Paralímpico, em São Paulo. Raíssa relatou problemas com a arbitragem no Mundial.

“A árbitra queimou cinco vezes meus lançamentos, mas na sequência voltava atrás na decisão e os validava. Fiquei muito nervosa porque não sabia o que estava acontecendo. Eu pegava o dardo e levantavam a bandeira vermelha. Isso atrapalhou psicologicamente”, relatou.

Raissa precisou esperar por quase uma hora até que todas as concorrentes tivessem a oportunidade de lançar. Esta foi uma das mais longas provas deste Mundial. Durou duas horas e 51 minutos. O ouro ficou com a letã Diana Dadzete, recordista mundial, com 25,54 metros. A prata foi para a iraniana Moavi Motaghian (22s67). 

“Foi uma prova tensa. Sabia que poderia ser melhor, mas não foi ruim. Estou feliz com o bronze. Estou me sentindo bem, sem dor, porque venho me recuperando de lesão no ombro. Agora vou me dedicar mais para conseguir o índice para os Jogos de Tóquio 2020”, comentou Raissa.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia