JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 14 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Talles Magno desfalca Seleção na reta final do Mundial Sub-17

A Seleção Brasileira sofreu uma baixa de peso para a sequência do Mundial Sub-17, que está sendo disputado no país

08/11/2019 - 00:00:00. - Por Agência Estado

A Seleção Brasileira sofreu uma baixa de peso para a sequência do Mundial Sub-17, que está sendo disputado no país. Ontem, a CBF comunicou que o atacante Talles Magno não terá condições físicas de disputar a sequência do torneio por causa de lesão sofrida na quarta-feira (6), durante a vitória por 3x2 sobre o Chile. 

No duelo válido pelas oitavas de final e disputado no Estádio Bezerrão, no Gama, Talles Magno se contundiu nos últimos minutos do segundo tempo. Levado a um hospital para a realização de exames de imagem, ficou detectada uma lesão muscular no bíceps femoral da coxa direita do vascaíno. Ele havia sido titular nos quatro jogos da seleção no Mundial Sub-17, com dois gols marcados.

A CBF, ao anunciar que Talles Magno não tem mais condições de atuar na sequência do Mundial, não detalhou o período que o atacante precisará ficar em recuperação, sendo que a decisão do torneio está agendada para 17 de novembro. Mas ele também deverá ser desfalque no Vasco para a sequência do Campeonato Brasileiro.

Já nos acréscimos do duelo com o Chile, Talles Magno sentiu o incômodo ao dar um passe, caindo no chão. Ele deixou o campo, foi atendido, tentou voltar para a partida, mas não teve condições de seguir atuando, deixando a Seleção Brasileira com dez jogadores, pois as três substituições já haviam sido realizadas. Depois, foi visto chorando.

Sem Talles Magno, a seleção brasileira voltará a jogar na segunda-feira (11), pelas quartas de final, a partir das 20h, no Estádio Olímpico de Goiânia. O adversário será o vencedor de Equador e Itália. 

Além de Talles Magno, Diego Rosa será desfalque do Brasil no duelo de segunda-feira, pois ele estará suspenso pelo segundo cartão amarelo recebido diante do Chile. Já Yan está liberado após cumprir gancho.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia