JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 12 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Cruzeiro não vence concorrentes e agora enfrenta equipes do G-6

Com o resultado em Chapecó, a Raposa foi aos 22 pontos e ficou a quatro do Ceará, primeiro integrante fora do Z-4

15/10/2019 - 00:00:00. - Por Folhapress

O Cruzeiro do técnico Abel Braga não conseguiu aproveitar bem nenhum dos jogos que fez contra clubes que estavam brigando com a equipe contra o rebaixamento. No domingo (13), tropeçou novamente, desta vez empatando em 1x1 contra a Chapecoense, lanterna da competição e que marcou o gol no último minuto de jogo. 

Com o resultado em Chapecó, a Raposa foi aos 22 pontos e ficou a quatro do Ceará, primeiro integrante fora do Z-4. Desde que Abel chegou, o time teve outras duas oportunidades de diminuir a vantagem dos clubes de cima, mas não viu seus comandados executarem o serviço dentro de campo.

Na estreia contra o Goiás, derrota por 1x0. O segundo jogo do treinador foi contra o Internacional, que atualmente luta pelo G-6. Mas o time também não conseguiu fazer valer o mando de campo e só empatou em 1x1. Também diante da torcida, a equipe ficou na igualdade contra o Fluminense, que, aos poucos, vai se desgarrando do Z-4. Por fim, a partida contra a lanterna Chapecoense era vista como obrigação de vitória, algo que também não aconteceu.

"Na situação que a equipe se encontra, ninguém consegue ter uma atuação solta, entrar no campo leve. Entramos em campo com uma necessidade muito grande de ganhar para tirar esse peso", comentou Abel. 

Agora, a Raposa terá dois duelos complicados pela frente. O primeiro deles é contra o São Paulo, novamente em Belo Horizonte. Apesar do jogo no Mineirão, o Tricolor tem um histórico de ser pedra no sapato, independente de jogar fora de casa. Já no próximo final de semana, o Cruzeiro pegará o Corinthians, que também briga por uma vaga no G-4.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia