JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Léo sofre fratura e Cruzeiro perde zaga titular contra Fla

Em 17º na tabela, Raposa fica sem os defensores para enfrentar o líder da Série A

17/09/2019 - 00:00:00. - Por Folhapress

O zagueiro Léo é o mais novo desfalque do Cruzeiro e ficará de fora por tempo indeterminado. O defensor sofreu uma fratura na clavícula em uma dividida nos acréscimos da partida contra o Palmeiras, no último sábado (14), quando a Raposa perdeu por 1x0 no Allianz Parque. 

"O Léo sofreu um trauma no ombro esquerdo, no último lance do jogo contra o Palmeiras. Nesse trauma foi observada uma fratura da clavícula, sem desvio, que inicialmente não indica um tratamento cirúrgico. Ele já iniciou o tratamento conservador. Como qualquer fratura, não há um prazo predeterminado para a recuperação, porque depende de sua consolidação para a liberação para a prática de esportes de contato. Vamos observar a evolução do atleta nas próximas semanas", informou o médico do Cruzeiro, Dr. Sérgio Campolina.

Desta forma, Léo vira desfalque para a partida deste sábado (21) contra o Flamengo. Vale lembrar que o companheiro Dedé também pode não enfrentar o líder do Brasileirão. Por causa de uma torção no tornozelo, o defensor também foi para o departamento médico por tempo indeterminado. Caso continue de fora, Rogério Ceni terá que armar o sistema defensivo com os jovens Fabrício Bruno e Cacá.

Reação. O Cruzeiro segue em situação ruim na tabela. Com 18 pontos na primeira metade do campeonato, o time já registra seu pior 1º turno de Brasileirão. Agora, para iniciar uma reação, a equipe terá que mostrar um futebol ainda melhor na próxima rodada, já que o adversário será ninguém menos que o Flamengo, que venceu o Santos e garantiu a ponta da tabela. 

"Temos mais um adversário bem difícil. No momento mais complicado, jogamos contra o primeiro e segundo colocados. Mas com essa postura nós podemos fazer um bom jogo contra o Flamengo. É complicado, difícil, mas não é impossível vencer. Se jogar com essa pegada, independente dos nomes em campo, veremos um Cruzeiro diferente", disse o técnico Rogério Ceni.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia