JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Neymar: O atacante do PSG "aceitaria o corte de 15 milhões de euros" para voltar ao Barcelona

Acredita-se que os gigantes espanhóis tenham feito várias ofertas pelo jogador brasileiro

21/08/2019 - 09:32:38.

Neymar aceitaria um corte salarial de 15 milhões de euros para voltar para o Barcelona e sair do Paris St-Germain, diz Guillem Balague.

Acredita-se que os gigantes espanhóis tenham feito várias ofertas pelo jogador brasileiro, incluindo uma de 100 milhões de euros mais o Philippe Coutinho.

No entanto, essas propostas foram rejeitadas já que o PSG está esperando por mais dinheiro.

"O jogador está feliz em reduzir seu salário de 38 milhões de euros líquidos para 23 milhões de euros líquidos", disse Balague.

"Acontece uma situação interessante no Barcelona. Eles sentem que têm que se esforçar muito para recuperá-lo. Lionel Messi, Gerard Pique e Luis Suarez o querem de volta, e também o presidente Josep Maria Bartomeu tem mais dois anos em seu mandato e ele quer deixar um grande legado. Você pode imaginar todos os jogadores que foram mencionados e Neymar também?"

Neymar está atualmente treinando sozinho no PSG, embora isso seja entendido como parte do programa em vez de ser relacionado a saga de transferência.

O Real Madrid também apresentou um acordo que inclui dinheiro, bem como Gareth Bale e James Rodriguez, mas, como a oferta do Barcelona, foi rejeitado.

“Neymar pertence ao PSG e vamos ver o que acontece”. O técnico do Barça, Ernesto Valverde, não quis se comprometer quando questionado sobre Neymar em uma coletiva de imprensa sobre a estreia de La Liga na sexta-feira entre o atual campeão e o Athletic Bilbao.

Valverde lamentou o fato de a janela de transferências não fechar até 2 de setembro e insistiu que ele está "muito feliz com o time".

"Agora temos duas semanas até que a janela de transferências feche e você não possa respirar facilmente até então. Estou muito feliz com o time que tenho no momento, mas não sei o que acontecerá em seguida. Neymar pertence ao PSG e vamos ver o que acontece, mas não posso dizer mais nada sobre ele."

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia