JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Ex-NBA revela que usou pênis falso para burlar doping antes de Olimpíada

O ex-jogador de basquete Lamar Odom conseguiu de maneira bastante criativa para burlar o doping antes da Olimpíada de 2004

20/05/2019 - 00:00:00. - Por Folhapress Última atualização: 20/05/2019 - 15:04:30.

Divulgação

O ex-jogador de basquete Lamar Odom (foto) conseguiu de maneira bastante criativa para burlar o doping antes da Olimpíada de 2004, em Atenas. Em seu livro de memórias, "Darkness to Light", o campeão da NBA pelo Los Angeles Lakers em 2009 e 2010 disse ter usado um pênis falso para não ser pego no exame antidrogas.

Odom contou que foi avisado que passaria por um exame antes de se juntar aos atletas da seleção dos Estados Unidos na Grécia. Ciente que não seria aprovado no teste por conta do uso de drogas, ele buscou uma alternativa para não ser pego.

"Não havia nenhuma chance de eu passar. Eu estava fumando maconha todos os dias no verão. Começamos a pesquisar pênis falsos e estudamos maneiras diferentes de enganar o teste de drogas. Depois de muita pesquisa, compramos um pênis gigante, de borracha, para chegar no dia seguinte", escreveu o ex-jogador, em trecho divulgado pela People.

Ele acrescenta que, no momento do teste, utilizou o pênis falso para que pudesse usar a urina de seu treinador no lugar da sua no exame.

"Ele (o treinador) me entregou o pênis de borracha e saiu do banheiro enquanto eu o amarra. Abri o zíper da minha calça e cuidadosamente o deslizei pelo buraco. Para fazer o xixi sair da ponta, tive que apertar o eixo repetidamente", completou.

O ex-jogador finalizou o relato dizendo que recebeu boas-vindas à equipe dos EUA depois que o oficial mediu a temperatura da urina em um copo.

Essa não foi a única polêmica revelada por Lamar Odom em suas memórias. Antes disso, o ex-cônjuge da empresária Khloé Kardashian, com quem foi oficialmente casado por sete anos, revelou ser viciado em sexo, e admitiu ter transado por mais de 2.000 mulheres.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia