JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 30 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Cruzeiro pensa em engenharia financeira para manter Hudson

Última atualização: 08/12/2017 - 20:29:02.

O Cruzeiro tentará tirar uma carta da manga para manter Hudson no elenco de 2018. Uma das estratégias da nova diretoria é tentar envolver a participação nos direitos econômicos do atacante Lucca como parte do pagamento pelo volante. O clube celeste detém 25% do “passe” do jogador, que foi emprestado pelo Corinthians à Ponte Preta em 2017.

A alternativa de negócio veio à tona depois de suposto interesse de troca de jogadores entre São Paulo e Corinthians. O Tricolor cederia ao Timão o lateral-esquerdo Júnior Tavares e receberia Lucca. Tal situação foi negada por Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, em entrevista coletiva.

“Não tem troca nenhuma envolvendo, não conversei com o Leco (presidente do São Paulo). O Lucca volta para o Corinthians e vamos ver o que faremos”.

Para ter sucesso nessa operação, o Cruzeiro terá de contar com um entendimento entre Corinthians e São Paulo. O Timão é detentor de 60% dos direitos de Lucca. A outra fatia, de 15%, pertence ao Criciúma.

Hudson teve papel muito importante na conquista da Copa do Brasil ao marcar gols decisivos contra São Paulo (quarta fase) e Grêmio (semifinal), além de converter sua cobrança na disputa por pênaltis contra o Flamengo, na final (vitória por 5 a 3, no Mineirão).

A expectativa de Itair Machado, vice-presidente de futebol do Cruzeiro, é acertar a permanência de Hudson até a terça-feira (12) da outra semana. Com o jogador já está tudo certo para a assinatura de um contrato de três anos. Hudson, inclusive, já comunicou a Luciano Couto, seu empresário, o desejo de continuar em Belo Horizonte.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia