JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 18 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ESPORTE

Ferrari pode economizar R$ 432 milhões se confirmar ameaça de deixar a F-1

A cifra foi estimada pelo jornal britânico Independent, ontem, depois de análise dos gastos e receitas da escuderia

Última atualização: 18/11/2017 - 11:41:39.

Divulgação


Ferrari é a  única equipe presente na Formúla 1 desde a primeira temporada em 1960

A Ferrari pode economizar 100 milhões de libras (R$ 432 milhões) se confirmar a ameaça de deixar a Fórmula 1. A cifra foi estimada pelo jornal britânico Independent, ontem, depois de análise dos gastos e receitas da escuderia relativos ao ano de 2016.

De acordo com o diário, nem o fato de ser a equipe mais bem paga da categoria ajudou a Ferrari a terminar aquela temporada no lucro. Na temporada passada, por exemplo, os italianos receberam 160 milhões de libras (ou R$ 690 milhões, metade deste valor só de bônus por ser o time mais antigo da categoria), 40 milhões de libras (R$ 172 milhões) a mais que a Mercedes, que venceu o campeonato.

Diminuir a diferença no valor distribuído para as equipes é inclusive um dos planos da Liberty Media, que adquiriu o controle da Fórmula 1 no início do ano, além de introduzir novos motores a partir de 2021 - duas sugestões que motivaram a ameaça de Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, em cogitar a saída. O contrato atual da escuderia com a categoria é válido até o fim de 2020.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia