JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 24 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

NO BICO DA CHANCA

Continua depois da publicidade



Esse belo time do Independente encantava a todos

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

05/05/2022 - 00:00:00. - Por Carlos Roberto Moura - Ticha

TOQUE DE PRIMEIRA
Deparei com uma foto do time do Independente, creio que é de um time formado em 1965, isso quando começava a dar as “caras” para o Campeonato Mineiro da Primeira Divisão. Essa formação foi de jogadores bons, médios e aqueles que tentavam aparecer no cenário esportivo. Nessa época vimos o Azulão do Bairro Yanque crescer e buscar seu lugar no certame mineiro. Foi daqui que começou a formar um grande time. Dois anos de trabalho foram de muita consciência e determinação. Não deu outra: dois anos depois lá estava o time Cadete enfrentando Cruzeiro, Atlético e cia... O caminho foi mais curto do que se esperava. A segunda divisão foi de doer o calcanhar e gastar os cravos das chuteiras. E tudo começou com este time, que mais tarde foi se reforçando e contou com a ajuda do Uberaba SC com empréstimos de jogadores para fazer bonito nas Minas Gerais. A gente olha uma foto dessa e começa a passar um filme na cabeça: caramba como as coisas mudam: um time semiamador começar a crescer e se tornar profissional em curto tempo. O bom de tudo era uma torcida fantástica, principalmente a feminina que apoiava os jogadores o tempo inteiro. Quando o time entrava em campo elas gritavam: “Já ganhou...já ganhou.”. E quando marcava um gol o grito era este: “É osso, é osso de galinha, arruma outro time para marcar a nossa linha”. Certeza de que tudo isso vai ficar marcado na história cadete e no futebol da cidade. Na foto aparece Paulo Prata que veio do Nacional, mas continua como torcedor do alvinegro. Tem o Zezinho Magrelo, este jogava muita bola. Foi outro que saiu da rodovia para vestir a camisa azul. Alaerte, lateral que chegava firme e não dava moleza: chegou a jogar nos três times da cidade. Normandes foi outro que depois de jogar bem na base do Expressinho da Rodovia foi jogar e mostrar toda sua qualidade na equipe Cadete, e mais tarde foi vendido para o Atlético Mineiro e foi o primeiro Campeão Brasileiro (1971). Na verdade, jogava muita bola: foi craque. Jarbas Cury, criado no “pega bezerro”, batendo uma bolinha e levando “carreira dos cavaleiros” do Rezendão foi uma segurança na zaga. Foi outro que vestiu a camisa do Colorado e podia ter ido mais longe. Saudades do amigo e daquele franguinho das quartas-feiras. Goleiro Julião, criado no Vulcão foi fechar a meta do Independente, depois dele veio outros bons goleiros: tinha o Valdir, Netinho e Carlos. A turma dos agachados tem o Marcinho que tinha o drible como ponto forte. Silo era um jogador que cumpria o esquema. Marco Antônio foi muito bom e sempre tentou jogar igual ao irmão Maurinho: era “puxeta” pra lá, calcanhar pra cá e foi levando. Não seguiu carreira, mas foi excelente jogador. Nena dispensa comentários: foi craque e da melhor qualidade; seguiu com o Independente até chegar e jogar a primeira divisão, depois foi jogar no Uberaba SC. Formou-se e foi trabalhar em São Paulo. Na ponta Esquerda, Vitor Celso, jogava para o gasto, cumpria a missão de ir à linha de fundo e cruzar. Gostei de falar deste grupo. Recordar é viver, como é bom lembrar de você. É história.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WastsZap 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 quilômetros. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Frases do Karrapixo que encantou todos os comentaristas:
1 – Um zagueiro prevenido vale por dois.
2 – Um jogador de futebol se divide em quatro partes: cabeça, tronco, membros e a bola.
3 - O maior desejo de um time de futebol é que os outros times não alcancem com os seus maiores desejos.

Por aqui passou um goleiro que teve fase tão boa que recebeu o apelido de paredão. Mas depois começou a deixar passar tantas bolas que trocaram o apelido dele para porta giratória.

A família está vendo o álbum de fotos, lá está um cara elegante, porte atlético, simpático. A filhinha aponta a foto e pergunta:
---- Quem é esse cara tão bonito mamãe?
--- É o seu pai!
--- Então, quem é aquele cara gordo, feio e chato que mora com a gente?

Quando um homem abre a porta do carro para a mulher, ou o carro é novo ou é a mulher...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA
O módulo II começou com equilíbrio entre as equipes, para conferir é só prestar atenção nos resultados: todos apertados. O início parece ser do tipo “toma lá da cá”. Acredito que cada jogo, o clube mandante deve ficar ligado para não ser surpreendido.

Athletico do Paraná levou de cinco e foram todos os gols marcados de cabeça. Com isso, o treinador Fabio Carilli acabou sendo demitido. Na verdade, este time do Paraná só joga bem contra o Flamengo. O Fluminense é outro que só vê o Mengo.

Jogão de bola foi entre América e Atlético. O Coelho lutou muito, mas não conseguiu se dar bem e perdeu mais uma. Por outro lado, o Palmeiras voltou a golear o Indepiendente Petrolero. Desta feita foi de cinco. O Ceará voltou a vencer e bem.

Acabei de ser atropelado pela notícia de que o Armando Paulino faleceu. Certamente foi bater aquela bolinha com Jarbas Cury, Elpidio, Loli, Paulinho, Tati e outros atletas que marcaram época no futebol local. Siga em paz com a proteção divina.

Esse certame do modulo II, é difícil e complicado, não pode marcar bobeira que acaba dançando. É só analisar as duas rodadas e conferir os placares. Todos os jogos, que marcou mais gols foram dois. Pelo menos até a oitava rodada vai ser assim. Pauleira.

Custe o que custar; não pode perder em casa e se possível é bom vencer fora. Chegar no hexagonal não vai ser fácil para ninguém. Um pontinho fora dos domínios do mandante já é um feito incrível. Portanto é bom, o nosso Colorado ficar esperto.

Ontem, os cariocas Fluminense jogando em casa tentando subir na tabela e com estreia de Diniz. Na Argentina, contra o Talleres, o Flamengo buscando a vitória para antecipar sua classificação tiveram jogos difíceis pela frente. Espero tenham vencido.

É o começo, mas que tenha seguimento no número de gols dos artilheiros do modulo II. Neste início com apenas duas rodadas jogadas. Levi do Betim e Matheus do USC são os artilheiros. Caso o árbitro não tivesse anulado os gols do Matheus teria quatro.

Esse papo da Federação Mineira pedir desculpas ao USC pelo erro da arbitragem é um verdadeiro “papo furado”. Não resolve nada. O certo seria enquadrar o moço, mostrar para ele os erros e saber qual foi a intenção dele e de seus auxiliares. Foi lastimável.

Com os bolsos cheios, a moçada recebeu pagamento, e com café reforçado, a delegação do Uberaba SC deixou o CT Canada por volta das 06h da manhã. A caminhada não é na fácil. Serão percorrido 1026 km e 11h30 de viagem. Vai dar calo na bunda.

Mas o importante de tudo isso, o time levantar a cabeça sentir que tem capacidade para fazer bom jogo e vencer o seu algoz, com isso tira a “pedra do sapato”, que tanto vem atrapalhando o seguimento do USC. Caso o Colorado vença, o caminho fica aberto. TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatzapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia