JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 24 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

NO BICO DA CHANCA

Continua depois da publicidade



Uma homenagens a família Gonçalves Mendes, que é recheada de bons de bola

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

21/04/2022 - 00:00:00.

TOQUE DE PRIMEIRA

Na formação do Nacional.

A coluna de hoje completa as homenagens a família Gonçalves Mendes, que é recheada de bons de bola. Então, Ector Frank Mendes completa essa lista de quem já bateu uma bolinha animada. Filho de Odoir Gonçalves Mendes e Regina Fernandes Mendes embora não chegando ao profissional, também jogou muita bola, aquele que acompanhou meio da garotada, dizia que na época jogava mais do que o irmão Rodrigo Mendes. Começou a jogar no Mirim do Fabrício e o treinador era o famoso Pedro Bala. Posteriormente, no Infantil do Grená, foi campeão da Taça Golé (Infantil). Mais tarde, recebendo um convite do Ismael de Oliveira, foi jogar no Juvenil do Bom Retiro. E com Ismael como treinador, Ector tornou-se artilheiro do time. Em seguida foi jogar no Nacional, e sob o comando de Rui Bala Rezende, jogou no Juvenil, Juniores e até mesmo fez alguns amistosos no profissional. Ector foi um jovem que jogou muito nos amadores da cidade; foi campeão da primeira e segunda divisão; e mais faturou o campeonato “Hélio” França, Máster e Sênior. Chegou a jogar Futsal pelo UTC, isso no Campeonato Mineiro e Região. Pelo Sacramento ficou na terceira colocação no geral, também pelo Mineiro, isso na fase disputada em Belo Horizonte. Zico foi o craque de sua época; hoje ele acredita que Messi é o homem da bola. Mesmo jogando em vários clubes, time que não sai da sua memória é o time do Nacional, mas fez sucesso na equipe do Motel Dragão. Acredita que a vaidade prejudica e muito. Atrapalha um grupo. Completa dizendo que o futebol do passado era mais romântico e a camisa sempre valorizada. Hoje é na base do dinheiro, preparo físico e muita imagem. Um gol bonito que fez foi na partida entre Nacional x Uberaba e conta: - “O goleiro Maurício saiu jogando com o lateral Damian, ele conduziu a bola até o meio campo e foi tentar uma virada, foi nessa que fiquei com a bola e do meio campo vi que o goleiro estava conversando com o finado Meneghete e bati pro gol: foi um golaço: Naça 1 x 0”. Afirma que seu time do coração é o Flamengo, mas depois que o irmão, foi jogar no rubro-negro virou amor eterno. Ector não seguiu a carreira profissional por falta de oportunidades ou apoio de alguém com bons conselhos. Completa dizendo que jogou com vários craques, tanto na grama como no salão, e cita Rodrigo Mendes, Odair, Jardel, Tim, Piu, Granu, Sandrinho, Pipa, Emerson e outros bons de bola. Sua maior emoção na bola foi no Futsal quando foi Campeão Mineiro pelo Sacramento. Outros momentos foram: em 1988, campeão amador pelo Fabrício, e pelo Nacional quando foi campeão da Taça Uberlândia de Juniores: a partida foi no JK e o jogo ficou 2 a 2. Sua esposa sempre foi uma admiradora do seu futebol e faz uns 30 anos que o acompanha. Um dia ruim, foi quando, defendendo o Bom Retiro, rompeu os ligamentos do joelho direito. Nos dias de hoje, tranquilo vive com a esposa Ana Cristina Mendonça Mendes e com os filhos Erick Gabriel e Enzo Lucas. Além de tudo acompanha os filhos no futebol, que inclusive já ganharam alguns títulos na cidade e interior paulista, como a Copa Paulista e Copa Anhanguera. Ector é apaixonado por futebol e de uma maneira ou de outra, fez história. Tá escrita.

No Infantil do Bom Retiro.

Recorte de jornal recebendo elogios.

Ainda moleque com o pai e o irmão Rodrigo Mendes.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WhatsApp 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 km. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Sei não. Esse negócio de somente uma torcida poder ir ao estádio, é como um casamento sem padrinhos, somente os pais dos noivos irem à festa, comer um prato de arroz sem feijão, ou até mesmo comer um pastel sem recheio...

Filosofia do Karrapixo: - “Quem ri por último, é retardado”.

Ao ser perguntado se é realmente bom técnico, Wanderlei Luxemburgo respondeu com toda humildade de sempre:
--- Eu? O bom? Não, o bom é o Guardiola, eu sou ótimo!

Essa não: o treinador do Vila Nova-GO falou para os seus jogadores:
--- Vocês precisam jogar com espírito de equipe.
--- Mas professor, o árbitro está com espírito de jogo do adversário.

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

O Vila Nova de Goiás saiu reclamando da arbitragem da partida contra o Fluminense. Acreditam que foi prejudicado. No meu de ver, acho que foi normal, erros aconteceram, não só do apito, mas os atletas também cometeram vários deles.

Eu esperava que o Bahia fosse golear o Azurix, mas não deu conta de vencer. O América-MG fez bonito e ganhou do fraco CSA. Bem, o Cruzeiro correu muito, buscou o jogo, mas encontrou um Remo bem armado e errando pouco. A Raposa não resistiu.

Na verdade, ontem o “bicho pegou” pela Copa do Brasil. Não sei se teve pequi na jogada, mas acredito que o Goiás teve muitas dificuldades com o Bragantino. Tombense e Ceará podem ter sido equilibrados. E Coritiba e Santos? Será que fritaram o Peixe?

Atlético-MG deve ter “deitado e rolado” na partida contra o Brasiliense. Acho que o Galo nem precisou usar a espora. Acredito que o Botafogo levou vantagem contra o Ceilândia. Como também, o Corinthians que deve ter passado fácil pela Lusa Carioca.

Mas, na verdade, o jogo da quarta-feira foi entre Flamengo e Palmeiras. Hoje é considerado um clássico do futebol brasileiro com a rivalidade aumentando a cada duelo. O Maracanã estava lotado, isso só com a torcida do Flamengo. Acho que foi muito bom.

Pela Série “B” do Brasileirão dois jogos abrem a terceira rodada: Grêmio recebe o Guarani e o Londrina encara o Novorizontino. Amanhã, o Bahia visita o fraco CSA em Alagoas e a Chapecoense recebe o Vasco da Gama. Jogos sem favoritismo.

Os jogadores do sub 23 do Uberaba SC, Rafael Garcia, João Pedro e Arthur Contarim foram emprestados ao Futgol para disputar o Sub 20 do Campeonato Mineiro da categoria. O zagueiro Amaral já foi. Com isso o time do Djavan vai enfraquecendo.

A direção do Uberaba SC espera por mais um reforço, que deve estar no CT até amanhã. Trata-se de um meia-atacante. O Colorado vem se preparando para o difícil compromisso com a estrada. Este vai ser o mais difícil de todos os tempos. Haja folego.

Por outro lado, o clube do presidente Mário Hueb, que tem o comando técnico do competente Lucio Eulo Vaz, continua trabalhando para conquistar o título do Sub 23 e se preparar para a “Segundona” do Mineiro. Negrada, Dahora e Robson estão em boa fase.

Bruno Barros está acertando o time para iniciar a competição que começa na próxima quarta-feira (27). Ainda não tem o time definido, mas pode ser este: Lucão, Usiel, Marquinho, David e Samuel; Marcio, João Paulo e Luiz Felipe; Clemente Matheus e Andrey. Vitinho, Alberto, Welerson e Marcelo Jr. brigam por posições.

O Colorado não vai fazer mais nenhum amistoso antes de iniciar a competição. O “sparing” dos titulares vai ser mesmo o Sub 23. A diretoria avisa aos torcedores que os carnês dos cinco primeiros jogos já estão à venda por R$ 150. Vamos nessa? TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatsapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia