JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 23 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

NO BICO DA CHANCA

Continua depois da publicidade



USC faz bonito diante de sua torcida colorada e garante acesso

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

21/12/2021 - 06:48:38. - Por Carlos Roberto Moura - Ticha

Administração correta

TOQUE DE PRIMEIRA

Futebol, futebol! A seu danado, como tu és capaz de proporcionar tanta emoção em uma partida? Como és capaz de transformar em minutos a tristeza em alegria? Como tem o poder de fazer uma torcida explodir de tanta emoção, isso depois de passar o maior tempo de um jogo com apreensão, xingamentos e desespero depois uma alegria contagiante e cheia de felicidade incontida. É só você mesmo seu futebol! Estou escrevendo algumas linhas sobre uma partida que será lembrada por muito anos e contada pelos jovens torcedores que estiveram no estádio Uberabão no dia 18 de dezembro de 2021. Por isso, estou adiantando parte da história da sensacional virada do Colorado para cima do Varginha e conquistando o título da chamada e doída “Segundona”. Talvez, daqui uns dez anos não estarei aqui para falar no “recordar é viver” sobre este feito maravilhoso que deixou os torcedores do Uberaba SC vibrando como nunca pelo feito alcançado. Falar de coisas boas não tem hora e nem dia.

A data já divulguei em algumas linhas acima, mas na verdade o time quando entra em uma competição de acesso, sua busca é justamente para “subir”, no início ninguém mesmo fala em título, mas sobrando uma brecha, não custa tentar ganhar um caneco. Ser campeão é muito bom. E foi justamente o que aconteceu com o USC, time de torcida, na maioria de jovens, e muito bonita. Uma semana atras a festa da torcida foi pela conquista do acesso ao modulo II: foi lindo e maravilho: uma festa a altura da conquista. Mas na vida do futebol, o bom mesmo é ganhar. A decisão do título começou na quarta feira na cidade de Varginha, onde o Colorado não foi bem, perdeu algumas oportunidades e o jogo por 1 a 0. A saída do atacante PH para o Vietnã fez com que o esquema e maneira de jogar mudasse e o encaixe foi complicado. No jogo da volta, o Zebu precisava de vencer por apenas 1 a 0 para se sagrar campeão, foi realizado no Uberabão, o publico chegou a 5 mil pessoas que foi ao estádio acreditando no seu time. Um mar vermelho foi formado, mas a pergunta estava no ar: “quem vai morrer na praia?”. O que ninguém esperava começou a ser engolido pelas ondas. Aos 32 minutos, pênalti contra o USC: mãos na cabeça e parte da esperança indo embora. Gol do adversário, que abriu dois gols de diferença. O time de Rui Tryda tentava e não conseguia nada.

Veio o pior: 49 minutos o tal de Gabriel Porquinho, artilheiro da competição, escapou pelo meio e soltou uma bomba, marcando o segundo gol. Neste momento a “massa” foi a loucura, muitos arrancaram os fios de cabelo e mudaram o discurso. No intervalo, parte dos torcedores cobraram muito dos jogadores, a discussão podia ou não fazer efeito Positivo ou negativo? Começou a segunda etapa; o técnico “sacou” um meio campista e o lateral esquerdo: “vaias”. O time do USC começou a fazer meio campo com o VEC e nada da bola entrar, mas em campo e na arquibancada parecia que todos estavam acreditando na possível virada. Ao meu lado, David Augusto falou: “Se fazer o primeiro, vira o jogo”. “Que língua, hein?”. Corner pelo setor direito, o zagueiro Luiz Eduardo subiu bonito e desviou para o fundo da rede de Renan, que antes tinha evitado gol certo. Vejam bem o primeiro gol foi aos 32 minutos. E dez minutinhos mais, o meia atacante Ingro, de lençol (Alô Paulinho Lolita) empatou a partida. Foi um golaço.

A árbitra acrescenta mais sete minutos, pois a cera do VEC dava para encerar um prédio de 20 andares. E foi justamente, na confusão na área, que a bola sobrou limpinha para Clemente, que soltou a bomba, que explodiu no fundo da rede, e na arquibancada do estádio. Festa, título e objetivos alcançados. Invasão de campo. Foi um grande momento, pois não importa a divisão, o importante é ser campeão. Parabéns, diretoria, atletas, comissão técnica e diretoria. Acabei de escrever de maneira antecipada uma história que jamais será apagada da memória de quem viveu o grande momento.

Formação bicampeã

Mar Vermelho com maré alta

Comissão técnica foi competente

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

E aconteceu com aquele torcedor fanático do USC, que falou sério:
--- Para mim, eu faço declaração de renda, para as mulheres e o meu querido USC, eu faço declaração de amor...

Chato foi o que aconteceu com aquele executivo de uma grande empresa, quando sua jovem e bonita secretária entrou na sala e lhe deu a notícia:
--- Acabo de chegar do médico ginecologista, ele me garantiu que você não é estéril.

O segundo gol do USC marcado pelo Ingro foi uma pintura de LENÇOL, foi neste momento que o ET cobriu a cabeça e apagou a luz do seu dedo pois ali poderia estar indicando o terceiro gol. Coisas de outro planeta...

Karrapixo preocupado em comprar um presente para o seu amigo invisível, troca ideia com a sua filha:
--- Filha, preciso de uma ideia para comprar um presente para o amigo invisível, que sugere?
--- Compra um livro!
--- Livro não. Ele já tem um...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

Ronaldo Nazário é o novo dono do Cruzeiro. O Fenômeno adquiriu 90% das ações do clube. Tomara que lado positivo volte a Raposa e aquele ótimo futebol que encantou o Brasil, ressurja. Chega de sofrimento causado por administração sinistra e incapaz.

Pela fase preliminar da Libertadores, o Fluminense vai enfrentar uma equipe colombiana. O América, que pela primeira vez joga um torneio Internacional encara o Guarani do Paraguai. Vai ser bom ver o Coelho encarando essa parada. Vai ser parada.

Pela Taça Uberaba, jogos promovidos pela Liga Uberabense de Futebol, o time Pré-Mirim do Independente foi campeão invicto. E para não perder o pique, o Mirim Cadete não deu moleza e foi campeão em cima do Fabricio. Molecada endiabrada.

E o final de semana teve mais títulos: no Infantil foi a vez do Ipiranga que atropelou o Uberaba SC por 3 a 0 e levantou o caneco. E nos Juniores o Fabricio fez a festa, o Grená bateu no Pinheiros e comemorou o título. Neto Masson e Alemãozinho felizes.

No Amador, com as vitórias do Independente sobre o Campo Florido e do Sete Colinas para cima do G. São Benedito, a final do início de 2022 será entre a equipe Cadete e Sete Colinas. Na verdade, foram as melhores e jogaram muita bola.

No Master, Fabricio e Bonsucesso voltam a decidir mais um Torneio, de fato foram os melhores da competição. No Sênior, o nome do Fabrício volta a figurar em mais uma final; e o adversário é o bom time do Pinheiros. É o famoso clássico do reumatismo.

Por onde a gente anda na cidade, o assunto é sempre sobre o Uberaba SC. Isso vem mostrar a força do futebol na “Terrinha de Major Eustáquio”. Todos comentando lance por lance, as jogadas, a aflição vivida nos momentos de angústia, isso até o final.

O lado bom de tudo isso, tem quem torcedor que diz que confiava e sabia que o Colorado tinha amplas possibilidades de virar o placar. Outros afirmam que tinham certeza da virada, que aconteceu em 17 minutos para o final da partida. Inesquecível.

Após bater duas vezes na “trave”, o grito de bicampeão estava entalado na garganta o torcedor colorado, que mais uma vez foi fiel e sentiu uma mudança no seu metabolismo de momento e tranquilidade, sofrimento, angústia e por fim a grande emoção.

Um ponto dos mais positivos dos grandes momentos vividos no Uberabão foi a presença da prefeita Elisa Araújo, que chegou ao estádio no intervalo da partida. Falei com ela: você chegou para virar o jogo, pois é “Pé Quente”. Ela disse: “Vamos virar”. Não deu outra. Veio a virada e o título. O vice Moacir Lopes é outro que dá sorte.

Conheço tantos torcedores do Uberaba SC e as reações normalmente são parecidas, mas tem uns que sofrem mais do que os outros. Karrapixo, Matutino, Betão, Kreka, Fabiano são fora de série. A Furacão Colorado é o combustível do time. TRAVA.

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia