JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 04 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Camargo Neto: um grande comentarista do Triângulo Mineiro

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

05/10/2021 - 00:00:00.

carlosticha@hotmail.com

Na foto, Camargo Neto, o comentarista de sucesso  

TOQUE DE PRIMEIRA

Hoje a coluna fala um pouco de dos melhores comentaristas esportivos, não só do Triângulo, como também das Minas Gerais. Camargo Neto, dono de uma dicção forte, clara e chamativa. Com isso, por onde passou conquistou audiência, mas seu conhecimento esportivo fazia e faz diferença. Logo cedo, sua voz chamou atenção de diretores de rádio, que perguntavam em que emissora ele trabalhava, porém ele automaticamente ficava com aquela interrogação, pois, na época, com 17 anos, propriamente em 1961, estudava no Colégio Estadual José Ludovico de Almeida, em Anápolis e trabalhava de balconista nas Casas Buri. A loja ficava pertinho da Rádio Imprensa, onde um de seus colegas de colégio, Eduardo Moneró, atualmente advogado no Rio de Janeiro, trabalhava como sonoplasta. E, foi naquele bate-papo entre Camargo e Eduardo, sobre aulas no colégio, na porta do prédio, que um diretor da Rádio Imprensa, que precisava de falar com o sonoplasta, o conheceu. O diretor perguntou ao Camargo Neto qual emissora ele trabalhava. A resposta foi completamente contraria aquilo que o diretor queria ouvir: - “Trabalho nas Casas Buri, e vendo panos”. – disse Camargo. Surpreso com a resposta, sugeriu que ele trabalhasse como locutor, que inclusive, poderia ajudá-lo na sequência. E, foi na conversa com o amigo, colega de escola e radialista mais velho, que Adhemar Santillo, locutor esportivo da Rádio Santana de Anápolis, convidou e acabou levando Camargo Neto para aprender. Não deu outra, o caminho começou abrir: o começo foi como rádio escuta, depois repórter e redator, o convite se estendeu até o jornal “O Anápolis”. Dali para a frente foi como bater um pênalti sem goleiro. Camargo Neto começou a comentar e crescer na profissão, o principal, que era o conhecimento sempre esteve na mémoria e na ponta da língua. Foi no começo de 1965 que Adhemar foi para a principal rádio da cidade a famosa “Carajá” e levou Camargo para fazer a dupla de cabine, isso nas transmissões esportivas. Foi justamente no ano em que o Anápolis Futebol Clube sagrou se campeão Goiano. O narrador Cleudair Nery, foi a Anápolis, se juntou ao Camargo e o convenceu a trabalhar em Uberlândia, pois o time do Verdão estava preparando para jogar o campeonato Nacional em 1978. Depois de acerto com a direção da TV Paranaíba. entrou no ar e fez sucesso. Três anos após, ou seja, em 1981, foi convidado para chefiar o jornalismo da famosa Rádio Inconfidência, foi o momento de certeza e conquista de um espaço que muitos jornalistas sonhavam em conseguir. Um ano após, não resistiu a vontade de voltar para a cidade Jardim e trabalhar na Rádio Visão e ser editor de esportes do famoso jornal “Correio de Uberlândia”, onde também foi colunista. Aqui na terrinha, só apareceu para participar de alguns programas de TV, isso convidado pelo jornalista Moura Miranda e outro colegas de profissão. Na verdade, Camargo Neto sempre foi de opinião forte, coerente e ciente daquilo que falava, aliás ainda, através da internet, contribui muito com suas opiniões. É uma história de um jornalista que sempre amou e abraçou a profissão com determinação e competência. Sempre foi ibope, hoje é cercado por seguidores, que apreciam suas opiniões sobre o futebol. Parabéns, amigo, o sucesso continua.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Torcedores comentam sobre o jogo entre Grêmio x Sport:

--- A partida foi uma verdadeira PILHA.

--- Nervoso e catimbado?

--- Não, usaram muitas pilhas para acender as LANTERNAS...

Os cartolas do futebol do interior de Minas Gerais são verdadeiros inventores e tentam descobrir o impossível: fazer futebol profissional sem dinheiro...    

Essa aconteceu com o Karrapixo, que ao comer um pé de porco, sujou as mãos, e incomodado, perguntou o dono do Bar Brasil:

--- Tem pia?

--- Qual que você quer: Rayovac ou Eveready?

Torcedores do USC discutem geografia:

--- Qual a diferença entre o Equador e a linha do USC?

--- O Equador tem a linha imaginária, e o USC imagina que tem linha...                     

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

Como já esperado e adiantado pelos jornalistas da área esportiva de Belo Horizonte, que antecipavam a volta do Villa Nova a elite do mineiro, não deu outra: o Leão” fez a melhor campanha e terminou conquistando o título da competição. Pantera está de volta.

O crescimento do Uberlândia na Serie “D” do Brasileiro, vem chamando atenção dos desportistas. Foi só mudar o técnico e trocar algumas peças o Verdão cresceu na competição, e foi eliminando os oponentes, agora está a duas partidas da Série “C”.

Boston City acabou perdendo a partida para o Contagem e consequentemente os 100% que ostentava na competição. Duelo que “choveu” gols e oportunidades foi no empate por 3 a 3 entre Varginha e Poços de Caldas. Betis levou quatro do Manchester.             

Na Chave “A”, Varginha lidera com 7 pontos. Em segundo Santarritense com 6 pontinhos. A Chave “B” ainda tem o Araxá na ponta com 7 pontos; em segundo vem o USC com 4 pontos. Boston City com 9 pontos lidera a “C”; América é o segundo com 6.

Brasileirão B, o “bicho vem pegando pra valer” e surpresas com resultados inesperados continuam. A derrota do Botafogo de virada para o Avaí foi de machucar qualquer torcedor. Favorecido pela arbitragem o Vasco ganhou do Confiança. É a bola.

Goiás impôs seu melhor futebol diante do Vitória e voltou para o G4. A virada do Náutico sobre o Operário deu o que falar. Mas o importante para o mundo das estrelas foi a vitória do sofrido Cruzeiro sobre o Brasil de Pelotas. A Raposa está ficando esperta.    

Não sei se é surpresa ou crescimento de produção, mas na verdade, o América ganhou bem do Cuiabá por 2 a 0. Nota se que o Coelho está ficando cada vez mais esperto. E o Atlético-GO deu aquele “nó” no Fortaleza fazendo 3 a 0 em grande estilo.

Bragantino e Corinthians foi de encher de olhos; jogo bonito e objetivo. O Athletico-PR escalou time alternativo, jogou bem, mas perdeu para o Flamengo, que precisou de apenas um tempo para liquidar a fatura. Chape surpreendeu o São Paulo.

Palmeiras perdeu várias oportunidades e não saiu de um empate contra o Juventude. Agora, incrível é a fase negativa do Grêmio. Perdeu em casa para o Sport. Amanhã tem jogos pelo Brasileirão, que mais uma vez promete mexer na matemática. Bala na agulha.

Do último jogo apresentado até aquele de sábado, contra o Inter de Minas, o Uberaba melhorou apenas uns 30%. Parece que faltou aquele encaixe de setores. O time teve vacilos no equilíbrio do jogo e falhas nos setores. O goleiro Elzo foi o salvador da pátria.

Como Bruno Barros conhece bem a “Segundona” e aquilo que deve ser proposto, a expectativa fica por conta de um encaixe entre os setores: Marcação mais agressiva, criatividade e definição no ataque. Paulo Henrique precisa de fazer gols. TRAVA.         

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia