JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 04 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Hoje é dia de falar sobre o Amarildo

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

02/10/2021 - 09:13:19. - Por Carlos Roberto Moura - Ticha Última atualização: 02/10/2021 - 09:16:57.

TOQUE DE PRIMEIRA

Hoje é dia contar um pouco da história de um ponta esquerda da melhor qualidade. Um jogador, que na década de 90, data que tinha 20 anos e “dançava “em cima da bola, poderia até mesmo jogar em um time grande e ofertas foram várias, inclusive do Palmeiras. Filho de Antônio Coelho e Lucia Helena de Oliveira Coelho, Amarildo nasceu na cidade de Iturama-MG em 23 de junho de 1982. Amarildo começou a jogar no Atlético, o Galo do grande Abadia e já fazia sucesso e dava o maior trabalho para seus marcadores. Lembro que em uma partida contra o Fabrício ele foi peça fundamental para conduzir o Galo a vitória. Nesta partida, do outro lado, na ponta direita, estava seu amigo Mauro, que foi outro bom jogador. Osvaldo Tiveron foi seu primeiro treinador, mas considera Domingos Baroni como o mais importante na sua carreira. Atualmente, tem em Lionel Messi como o melhor jogador do planeta. Mas na sua época, quem enchia seus olhos era o meia ponta de lança Denner, da Portuguesa de Desportos. Mesmo sendo uma das principais figuras em campo na partida contra a Portuguesa, onde fez a festa em cima do ponta Mauricio e do lateral Zé Maria, que estava convocado para Seleção Brasileira, sofreu pênalti que Marcinho bateu e fez 1 a 0 para o USC, Amarildo acredita que o jogo que marcou a sua carreira foi em derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro. Uma partida ruim que o deixou preocupado foi no empate em 1 a 1 contra o América-MG, quando presenciou um adversário sofrer uma fratura na perna. Além de ter sido bom no passe, o drible foi seu lado forte, tinha facilidade para executá-lo. Não esquece de um golaço que fez contra o Araxá, onde a torcida vibrou por uns 15 minutos. Na vitória por 3 a 1 sobre o Mamoré, que marcou um gol que considera o mais importante. Acredita que a vaidade no futebol acaba sendo descontrolada. Agora, o Atlético Mineiro, o Galo vingador é o seu time do coração. Quando jogava, embora as características fossem bem diferentes se espelhava no ponta Eder Aleixo. Um fato que o deixou impressionado foi a desastre aéreo que envolveu o time da Chapecoense. Entre o futebol do passado e do presente, acredita que na sua época o amor à camisa fazia a diferença. Para Amarildo, Maria Chuteira era um momento divertido. Seu grande e inesquecível ídolo foi Tele Santana. Sua grande alegria foi a de ter sido jogador de futebol. Mas caso não tivesse calçado as chuteiras. A profissão de preparador físico lhe cairia bem. Considera o lateral direito Helder como o melhor que jogou. Não deixa de citar que Nacional FC e Uberlândia eram os adversários mais complicados que tinha pela frente. Nos dias de hoje, casado e feliz com Patrícia Cristina Coelho, pais de Leticia Helena e Isadora Beatriz, trabalha no comércio de compra e venda de carros. Essa é uma pequena história do ponta esquerda Amarildo, que ainda foi várias vezes campeão amador da cidade e vestiu a camisa do Madureira sobre a direção da família Martins. Amarildo foi um craque que jamais pode ser esquecido. Tivesse, na época um empresário, poderia ter alastrado seu sucesso mundo afora. Foi craque, mas não tinha a dimensão, daquilo que praticava. Depois do Ponta Carlos Alberto Carioca, Amarildo se despontou com a camisa onze do USC. É história que não se apaga.
 

Amarildo na formação do time
 

 Se preparando para o jogo

No aquecimento
 

Com a mulher e as filhas
 

No seu escitório

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Torcedores comentam as qualidades de um jogador lançador:

--- Tudo que ele passa é ruim.

--- Eu sei. Já recebi um cheque dele...

No seu tempo de dirigente de futebol na Mogiana, Karrapixo foi comprar bolas.

--- Estas bolas são novinhas?

--- Claro que são. Até ontem mesmo, elas ainda eram vacas...

Essa o ex-atacante e craque Reinaldo, que me confessou, que quando

enfrentava Darci Menezes e Moraes ouviam deles:

--- Já falamos para você não passar nem perto da nossa área. Tome seu joelho de

volta e não volte mais

Depois de ver seu time eliminado da Libertadores um torcedor da Galo falou

para o Lélio Cipriano:

--- Cheguei à conclusão de que o empate é como crime: não compensa!

 

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

Palmeiras, Flamengo, Bragantino e Athletico provaram com muita qualidade, que o futebol brasileiro é o melhor do Continente Sul-Americano. Como tudo muda, foi a época em quem jogar contra argentinos, uruguaios e paraguaios era complicado.

O bom e projetado time do Bragantino e o estruturado Athletico-PR fazem com todos os méritos a final da Copa Sul Americana. Duas equipes que provaram qualidade e impuseram respeito e determinação dentro de campo. Para o Bragantino é o início.

Pela Libertadores a decisão entre duas forças do nosso futebol que envolve Palmeiras e Flamengo chega a chamar atenção de toda Europa. Uma partida marcada para o dia 26 de novembro fora dos nossos domínios, mas com os olhares do mundo da bola.

Como diria o comentarista Olavo Leite Cafunga Bastos: “Não tem coreu, coreu”, mas tem o jogo do Vila Nova, que espera pelo Democrata-GV para decidir sua sorte na busca ao acesso a elite do Mineiro. A Pantera já está lá, ao Leão um empate basta.

Hoje o Uberlândia tem vantagem e parada torta diante do Joinville. Ao Verdão comandado pelo Chiquinho basta um empate por qualquer placar para passar para quarta fase. O Joinville precisa da vitória por dois gols de diferença. É aquela da garrafa vazia.

A Segundona do Mineiro, a verdadeira carne de pescoço tem mais rodada programada para hoje e amanhã. Araguari espera pela Patrocinense; Boston City defende a liderança invicta diante do Contagem. O Araxá líder do Grupo B, folga na rodada.

Brasileirão B, certame que torcemos para o Cruzeiro se dar bem, tem jogos importantes na rodada. Brusque e Guarani é um deles. Como também Goiás x Vitória. Clássico alagoano entre CRB e CSA. Em casa o Botafogo não vai ter moleza: Avaí.

O Cruzeiro que jogo mais no peito e raça do que propriamente na técnica, espera se dar bem contra o Brasil de Pelotas. Vencer é tudo. O Vasco da Gama viaja para confrontar o Confiança. Vasco é favorito, mas não vai ter moleza. Vai ser uma parada.

Atlético espera pelo Internacional, partida marcada para o Mineirão. Vem a pergunta: Será que o Inter vai pagar pelo que não fez? Dificuldade é certeza que vai ter. Outro bom duelo será entre Bragantino e Corinthians. Pode ser considerado com clássico paulista.

A delegação do Uberaba SC viajou por volta das 6h da manhã, almoçou na cidade de Itaúna. Depois faz um treino leve de desintoxicação, descanso, jantar, cama e concentração para o duelo desta manhã, às 9h que é de suma importância para ambos.

Na deleção, seguiu vinte atletas em condições de jogo. Mas parece que Bruno Barros definiu o time com mais segurança na marcação. Meio campo deve ser mais atuante. O ataque, com Paulo Henrique, Clemente e Mococa deve ser decisivo. TRAVA.

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia