JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 25 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ARTICULISTAS

Continua depois da publicidade



Mário Palmério

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

03/12/2021 - 00:00:00. - Por Gilberto Rezende

 Ousadia sempre foi a marca registrada de Mário de Ascenção Palmério, que nasceu em Monte Carmelo, em 1916, mas construiu o seu império em Uberaba. Mostrou para o Brasil e para o mundo que o homem corajoso, determinado e, lógico, com um pouco de sorte, é senhor de seu próprio destino.
No início de 1940, criou o curso de Madureza na casa de seu pai e, logo após, fundou o Liceu do Triângulo Mineiro, na rua Coronel Manoel Borges, no antigo casarão que existia ao lado do Hotel Regina.
Mais um gesto de ousadia. O liceu era misto, contrariando as regras de separação existentes nos dois maiores Colégios de então: o Diocesano, para alunos masculinos, e o Colégio Nossa Senhora das Dores, femininos. Este fato despertou o entusiasmo da juventude.
Já com o nome de Colégio Triângulo, criou a Escola Técnica de Comércio, oferecendo Contabilidade, Ginasial e Científico. Os cursos eram ministrados em três turnos.
Mário Palmério foi um assombro no setor Educacional. Em 1947, dois anos após a mudança para as novas dependências, construídas na avenida Guilherme Ferreira, esquina com a rua Padre Jerônimo, criou a Faculdade de Odontologia.

Em 1951, é criada a Faculdade de Direito, e em 1956, a Escola de Engenharia, mesmo ano em que ajudou a criar o Hospital do Câncer, hoje Hospital Dr. Hélio Angotti.
Em 1972, é implantada a “Fiube” – Faculdades Integradas de Uberaba.
Em 1973, foram criados os Cursos de Educação Física, Psicologia, Pedagogia, Estudos Sociais e Comunicação Social.
Em 1988, Mário transforma a “Fiube” em “Uniube”. Em 1989, faz a abertura do curso de Engenharia Agrícola, e em 1990, os Cursos de Engenharia Elétrica e de Arquitetura e Urbanismo. Em 1991, mais uma fornada – Administração Rural, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Ciências Biológicas, Farmácia Industrial, Terapia Ocupacional, Nutrição e Turismo.
Não satisfeito com suas próprias Faculdades, Mário Palmério colaborou para a criação da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, cedendo inclusive seu espaço para as primeiras turmas. Esta Faculdade se transformou em 2005 na Universidade Federal do Triângulo Mineiro.
Só estas grandes realizações seriam suficientes para eternizá-lo como um dos maiores empreendedores do Ensino no Brasil. Todavia, Mário Palmério foi muito além e se destacou em nível nacional em outras áreas, como a Política e a Cultural.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia