JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 01 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

As meninas da Irmã Eugênia

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

15/10/2021 - 00:00:00. - Por Irmã Eugênia Última atualização: 15/10/2021 - 06:27:23.

Algumas começaram a frequentar o Colégio Nossa Senhora das Dores em 1969. Outras, ao longo dos anos seguintes, até a formatura no 2º Grau ou Magistério, como se denominava naquela época, em 1978.  Ao longo dessa caminhada, as meninas conviveram com uma Irmã baixinha, brava, dinâmica, alegre, inteligente, acolhedora e carinhosa com todas as alunas. Uma religiosa extremamente calorosa e interessada em formar seres humanos melhores. Ela assumia o cargo de professora de Educação Religiosa: Irmã Eugênia Miranda Cardoso. Uberabense que marcou a história do CNSD por várias décadas. As suas meninas fazem memórias de sua presença amorosa: “Lembro-me dela só rindo e nos abraçando.... Essa imagem vou guardar para sempre. E os cartões e bilhetes que me escrevia, uma bênção!” “Ela ficará para sempre em meu coração porque plantou semente que floresceu. Ensinou-me que Deus é o amor que sustenta e nos dá forças para superar. Recordarei sempre com muito carinho.”

“Educar para a vida. Educar para construir um amanhã melhor, mais humano, solidário, responsável. Irmã Eugênia era assim: preocupada com a formação moral e a realização pessoal de suas alunas”. Semeou na vida das meninas os valores éticos e cristãos, com alegria, simplicidade e amor. Um exemplo de dedicação plena a suas alunas, sempre muito especial, “ela realmente fez um papel de extrema importância em nossa formação espiritual”. “Tinha um dinamismo fantástico!” “Acho que a nossa turma foi a queridinha dela.” A turma do CNSD 1978 realiza encontros anuais e Irmã Eugênia esteve presente em alguns momentos. Presença fraterna e generosa. Com sabedoria, resolvia os conflitos.

Sua vida é, foi e será sempre referência para todas nós. Irmã Maria Eugênia nasceu em Uberaba, em 1º de outubro de 1927. Realizou sua primeira profissão religiosa em abril de 1948. Uma educadora que assumiu o carisma dominicano-anastasiano de forma integral como professora, catequista, coordenadora de pastoral e projetos na área social. No Rio de Janeiro, como professora no Colégio Santa Rosa de Lima, Botafogo, ou em projetos sociais na favela Santa Marta. Retornando a Uberaba, Irmã Eugênia desenvolveu projeto inovador de evangelização, no Bairro Primavera, onde hoje é a Paróquia Nossa Senhora do Rosário; em 1985, fundou outra obra social, em Ribeirão Preto, a Creche Maria de Nazaré, sempre em parceria com outras Irmãs dominicanas. Atualmente, residia na Comunidade da Betânia, onde cativava a todas as Irmãs com suas dinâmicas e projetos de interação social.

No primeiro dia do mês de outubro, mês dedicado a Nossa Senhora do Rosário, Irmã Eugênia celebrou 94 anos. Infelizmente, já estava hospitalizada. No dia 11 de outubro, faleceu, vítima da Covid. Não apenas a turma de 1978 lhe homenageia hoje, Dia do Professor. Com tudo que ela semeou em nossa formação, acreditamos que todos que com ela também tiveram a sorte e a graça de conviver agradecem, com carinho e gratidão, sua passagem pelas nossas vidas!

          

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia