JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 01 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Fraternidade Betânia, 50 anos de acolhimento e contemplação

No último sábado, dia 25 de janeiro, toda a Família Dominicana reuniu-se para celebrar os 50 anos de fundação

01/02/2020 - 00:00:00. - Por Maria de Lourdes Leal dos Santos


No último sábado, dia 25 de janeiro, toda a Família Dominicana reuniu-se para celebrar os 50 anos de fundação da Fraternidade da Betânia, comunidade que acolhe as 19 Irmãs idosas vindas de várias cidades, colégios e missões. São religiosas que se encontram na melhor idade, no momento pleno de suas vidas: contemplar os mistérios da existência à luz da intimidade com o Bom Deus e a Mãe Céu. O local onde residem, conhecido como a Chácara das Irmãs, lado a lado com a Mata do Ipê, que nos anos de 1940 a 1970 pertencia às religiosas, que a tinham como espaço de lazer para as alunas, noviças e irmãs do Colégio Nossa Senhora das Dores. Nossa família Leal tem muitas histórias cativantes da Betânia, onde viveu durante décadas nossa querida Irmã Filomena Leal, cultivando a natureza, os animais, acolhendo as irmãs para os momentos de retiro, de reclusão ou mesmo no trabalho com as comunidades paroquiais. Neste espaço cuidou de nossa bisavó, que, com 103 anos, lúcida, nos testemunhava o valor do Rosário e do carisma dominicano: “contemplar e dar ao outro o fruto de sua contemplação”. Ao longo da celebração de sábado, fez-se memória de tantas irmãs que ali viveram seus últimos anos de vida, mulheres pregadoras, mulheres marcantes na história de Uberaba, presenças na formação de leigos, de lideranças cristãs, na catequese, nas comunidades de base, no CNSD e na Fista. Dentre estas, lembramos com louvor de Irmã Virginita, Irmã Loreto, Madre Georgina, Irmã Ângela, Ir. Aparecida Afonso, Madre Nadir, Irmã Lourdes, Irmã Elcias e tantas outras. A provincial das Irmãs Nossa Senhora do Rosário de Monteils, Irmã Solange Tavares de Carvalho, na ocasião, enviou uma carta parabenizando-as e explicitando com delicadeza e amorosidade o valor desta comunidade: “...é como um grande jardim, cada uma é uma flor que exala diferentes perfumes”. Ela ressalta: “Algumas dizem que a Betânia é um pedacinho do céu. E vocês estão vivendo plenamente a vida... Quantas lutas e situações já passaram! Mas agora estão vivendo um momento teologal... Deus, no entanto, nos dá chance de viver feliz cada dia: só depende de nós... sermos felizes e vivermos plenamente o presente. Quando somos gratas e vivemos felizes no agora, as cicatrizes, os combates são testemunhos de vida interior que o percurso da fé mantém vivos. Deus nos enchendo de luz, alegria, gratidão, amor, paciência, fraternidade, doçura ...” Parabéns, Irmãs Dominicanas da Betânia, vocês fazem a diferença em nossa sociedade!

Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia